Segmentação de público-alvo: o maior erro que você comete

Segmentação de público-alvo: o maior erro que você comete

5 (100%) 1 vote[s]

Se eu te disser que seu público alvo são pessoas de 20 a 25 anos que moram em SP…

Isso não iria significar nada.

Você não consegue tirar nenhuma ideia disso.

Segmentar um público é muito mais do que saber a idade e gênero…

O que é segmentar seu público?

Segmentar o público é realmente entender seus padrões de comportamento e transformar isso em uma estratégia de comunicação.

Por que é importante segmentar seu público?

Você deve entender que, enquanto você não tiver clareza do seu público, você vai ter:

  • Poucos clientes
  • Clientes ruins
  • E não via saber exatamente o que fazer para alcançar novos clientes.

Pensa comigo, se você não sabe onde o seu cliente está, como vai conseguir se comunicar com ele?

Você pode até sair disparando propaganda em todos os lugares, mas raramente vai acertar o publico certo. Sem contar que o dinheiro gasto nesse processo será bem alto!

Entender a segmentação do seu cliente não só vai diminuir os custos de aquisição como também irá facilitar ainda mais sua comunicação com ele!

Ainda assim, muitos empreendedores cometem erros…

O maior erro que você comete

O maior erro que você comete é simplesmente acreditar que o seu público é o que sua visão entrega.

Por exemplo, você tem um restaurante ou uma açaiteria e você repete aquela famosa frase:

“Ah, meu público é mais família, né?”

Isso é, de longe, um erro absurdo que você pode cometer.

Porque dizer qualquer tipo de segmentação que não signifique nada é o mesmo que não segmentar.

E não segmentar é não conseguir fazer campanhas eficazes, fazendo você viver refém do “não seu o que fazer para melhorar minhas vendas”

Resumindo, o seu maior erro é:

  • Não segmentar.
  • Ou segmentar baseado no que você enxerga, de maneira muito abrangente.

Dica de pro: Diga o seu público em voz alta. Se não te gerar nenhuma ideia de campanha, então esse público está errado.

Como segmentar corretamente?

Essa pergunta, a primeiro momento, pode até parecer complicada, mas a resposta, na verdade é bem simples:

Por padrões de comportamento.

Você precisa olhar para sua recorrência do teu cliente. Seu comportamento de compra, recompra e não compra.

Olhar para seus clientes como:

  • Clientes ativos (ainda não rompeu o período de recorrência),
  • Inativos (que compram e não voltam)
  • Lovers (mantém uma frequência de retorno)

Antes de mais nada, você deve entender que o tempo de recorrência varia de negócio para negócio.

Para o exemplo abaixo, vamos supor que seu negócio seja uma açaiteria.

Esse tipo de comercio (geralmente) tem um tempo de recorrência de 7 dias. Dito isso, seu público se dividiria assim:

Se o seu cliente volta de 7 em 7 dias é Lover.

Volta dentro de um período de 7 dias é Ativo.

Mais do que 7 dias sem voltar é Inativo.

Mais de 1 mês sem voltar é Perdido.

Você precisa ter campanhas especificas para cada um deles.

Por ultimo, para segmentar melhor ainda sua base de clientes, você precisa saber que tipo de problema de negócio você resolve na sua região.

Tome por exemplo o Café S.A. Cafeteria de Goiânia, que resolveu o problema de uma frase que era:

“Nossa, Goiânia não tem um starbucks!”

Ou seja, precisava ser um lugar bonito, aconchegante e descolado, pois o público iria mais para consumir, tirar foto e ir embora.

Então eles fizeram uma outra cafeteria que resolve esse problema.

Hoje, o atendimento ao cliente juntamente com um programa de pós-vendas estruturado, tornou a cafeteria referência em Goiânia

Dicas de campanhas por segmentação

Para te ajudar a criar campanhas de segmentação para o seu público, irei mostrar algumas ideias:

Cliente Lover:

O cliente lover é o seu cliente fiel. Portanto, não tenha medo de bonificado com algum mimo. Afinal, ele já está gastando dinheiro com você em grande recorrência.

Pense em estratégias como: “Você acumulou R$ 100 em compras essa semana, por isso te daremos um desconto de R$ 10 na sua próxima compra!” Você não tem ideia o quão feliz o seu cliente irá ficar!

Cliente Ativo:

O cliente ativo, apesar de não ter a mesma recorrência do lover, ele ainda volta e consome no seu estabelecimento. Portanto, ao invés de dar um grande desconto acumulativo igual ao Lover, pense em oferecer algo menor.

Mas atenção: o seu cliente ativo é o mais propicio a se tornar lover, então nutre esse relacionamento com ele. Seja através do seu programa de fidelidades ou na sua comunicação (seja ela digital ou não).

Clientes inativos:

Todo cliente que compra de você, sai pela porta, e não volta no periodo de recorrência, é considerado um cliente inativo.

Sei que você não gosta de dar descontos, mas acredito que daria um desconto esporádico para que um cliente inativo voltasse na sua loja, não é?

Imagine mandar uma mensagem personalizada para esse tipo de cliente, informando que ele ganhou um desconto na próxima compra mas que tem somente 5 dias resgata-lo!

Você não só estaria incentivando esse cliente a voltar ao seu estabelecimento, como também pode vender ainda mais para ele.

Quem fez isso foi a 92 Burger. Hamburgueria no interior da Bahia que vendeu R$ 2057 para seus clientes inativos!

Espero que que agora você tenha entendido um pouco mais sobre segmentação e público e sua importância dentro de um negócio.

Até a próxima.

Deixe um comentário