Vender o Ano Todo: O Calendário geral para aumentar suas vendas sazonais

Todo mundo sabe que, para vender o ano todo, é essencial aproveitar datas comemorativas.

Propagandas, promoções liquidações, enfim…

São diversas estratégias em meios diferentes com apenas um intuito:

Fazer vendas.

Mas tudo que é bom dura pouco, o ano não é feito apenas de datas comemorativas e feriados.

Nos dias normais é que vemos o desafio de diversos empreendedores: continuar vendendo.

Muitos ficam perdidos e não sabem como manter venda sazonal em período de baixa.

É pensando nisso que resolvemos escrever esse artigo. 

Apresentando um calendário geral para que possa te ajudar nas suas vendas sazonais e consequentemente, vender o ano todo.

Aproveite para ouvir nosso Podcast! No episódio a seguir ensinamos como aplicar a técnica de vendas mais poderosa do Vale do Silício: Growth Hacking!

1- Janeiro

Passou o natal…

Passou o ano novo…

Você deve ter feito diversas promessas e objetivos para serem feitos durante este novo ano. E aposto que você esteve tão motivado quanto nós….

…Até chegar a hora de pagar IPVA, IPTU, parcela dos cartões de crédito e diversas outras despesas…

Não se preocupe, isso é normal.

No ramo do varejo, por exemplo, o início do ano é o pior para os empreendedores.

A dica, para melhorar sua venda sazonal, é simples: faça um planejamento completo.

Analise o desempenho da sua empresa nos anos anteriores.

Planejamento é essencial para vender o ano todo.
Planejamento é essencial para vender o ano todo!

Se você tem um sistema de gestão com os dados do seu negócio, abra-o e veja como foi o seu desempenho do seu comércio nos anos anteriores.

Quanto você faturou? Quanto gastou? Quais os produto mais vendidos? E os que não venderam tanto…

Todas essas informações serão úteis para que você crie uma estratégia para melhorar seus pontos fracos e manter seus pontos fortes consistentes.

Além disso, se você fez algum tipo de comunicação nos anos anteriores, que geraram bons resultados, pode ser que repeti-la seja uma boa pedida.

Utilize a estratégia certa.

A escolha da estratégia certa melhora, e muito, sua venda sazonal!

Existem diversos motivos que influenciam o consumidor a fazer compras e você a vender o ano todo.

Quando se trata de datas comemorativas, esses motivos são explícitos e as pessoas já sabem que o preço vai estar baixo.

Mas não se engane.

No início do ano é a mesma coisa.

A diferença é que as pessoas sabem que vão gastar mas buscam formas de gastar menos.

Por isso, atraia seu público pelo motivo certo.

Estratégias como cupom de vendas, combos e códigos de frete grátis são uma ótima pedida.

Você não precisa dar descontos gigantescos como 50% OFF, mas às vezes um frete gratuito ou um bônus ao efetuar uma compra seja mais do que suficiente para influenciar uma compra.

Veja como vender mais no Dia da Saudade, aqui.

2- Fevereiro

“Ô abre alas que eu quero passar”

O carnaval chegou e eu aposto que você sabe o que isso quer dizer né?

Vendas, vendas e mais vendas.

Principalmente se o seu local de atuação foi em alguma cidade que segue essa tradição.

Melhor ainda se o seu comércio for varejista, hoteleiro e alimentício.

No Varejo

Não é segredo que mercearias e supermercados vendem muito mais em época de carnaval.

No caso das mercadorias o grande segredo é o horário certo para abrir e os produtos certos para serem vendidos.

Até porque o carnaval não é somente festa, muitas pessoas decidem ficar em casa e como ambos consomem bastante nesse período, nada melhor do que comprar na mercearia do lado de casa né?

Os melhores produtos para serem vendidos são: energéticos, bebidas alcoólicas, salgadinhos e, por incrível que pareça, materiais de limpeza (para o pós festa, sabe?)

Já no supermercado, o desafio é outro.

É preciso ter uma boa logística e tomar cuidado com o timing dos pedidos.

Por que eu falo isso?

Imagine que você tenha um supermercado, e seu estoque não bate com a demanda do seus clientes.

É necessário preparar seu estoque para que atenda um grande volume de vendas.

Note que no carnaval, têm mais demandas que outros, pegue como exemplo os produtos da mercearia.

Dê prioridade para os produtos mais procurados, faça promoções rápidas. E, se necessário, queime estoque com produtos que não estão em demanda.

É… vender o ano todo não é fácil.

Hoteleiro

Carnaval é o maior feriado do ano, e, por esse motivo, muitas pessoas acabam viajando para outros estados para aproveitar as festividades.

É aí que indústria hoteleira ganha grande movimento.

É necessário que os hotéis estejam preparados para receber grande demanda.

No entanto, diferente dos outros meses do ano, as pessoas já estão com reserva pronta.

Portanto, sua principal preocupação não deve ser em comunicação, mas sim e contratações e produtos.

Profissionais treinados para atender essa alta demanda e produtos de qualidade (televisão, telefone, cama, wi-fi, copos, pratos, etc…)

Alimentício

A festa pode ser na rua, e pode até durar a noite toda, mas não pense que bares e restaurantes não são uma das principais formas de entretenimento das pessoas no carnaval.

Ao contrário do que muitos pensam, bares e restaurantes vendem facilmente no carnaval. 

Alguns até possuem seu próprio carnaval rolando o dia ou a noite toda.

O ponto aqui é na logística e planejamento. Ou seja, você deve estar preparado para alta demanda!

Tenha em mente que você precisa dos produtos! Um bar ou um restaurante sem produto não abre!

Planeje as compras com antecedência, verifique seu estoque e claro, contrate fornecedores confiáveis.

É ideal que você já tenha um bom estoque para todas as datas, pois encontrar fornecedores abertos que atendem nesse período é um grande desafio!

3- Março

É dito que o ano só começa depois do carnaval, não é mesmo?

Como dito anteriormente, o início do ano é bem difícil para qualquer negócio, desde lojas de roupas ou até mesmo outros varejistas.

Vender o ano todo então, nem se fala!

É necessário, portanto, ter um bom planejamento.

Se você é do ramo da moda ou possui lojas de roupas e tem um e-commerce, aconselho você a seguir as mesmas estratégias descritas em “janeiro”.

Os clientes sabem que vão ter gastos maiores no início do ano, e, portanto, buscam formas de “gastar menos”.

Os descontos são uma ótima pedida. Seja através de cupons com 10, 15 ou 20% Off, ou através de frete gratuito (caso tenha um e-commerce).

Além disso, muitas lojas de roupa também fazem a famosa “dobradinha” sabe aquelas promoções “Duas camisas por R$ 99,00”? Pois é, esse tipo de promoção é bem atraente e chama muita atenção do consumidor.

Agora, mais do que nunca, é hora de usar e abusar das estratégias de marketing. Seja elas para divulgar promoções ou aumentar tráfego no seu site de e-commerce.

4- Abril

O mês de abril possui algumas datas emblemáticas que, se bem usadas, podem gerar bastante faturamento para o seu negócio. Principalmente para você que quer vender o ano todo.

Dia da Mentira – 1 de Abril

Apesar de não ser um feriado, a data é bastante conhecida gera bastante repercussão, principalmente nas redes sociais.

O bom desse feriado é que funciona para qualquer tipo de negócio.

Se você trabalha com uma loja de roupas, pode fazer promoções que brinquem com a temática desta data. Por exemplo:

“Vestido a 20% OFF (Minto, na verdade  é 30%)”

Algo assim, use a imaginação, busque interagir com seu público tanto nas redes sociais como fora delas.

Muitas varejistas utilizam de disparos de SMS através de plataformas de fidelização inteligente, como a StayApp.

É importante, também, que você identifique quais são os produtos mais vendidos no seu negócio, para poder fortalecer ainda mais as vendas deles.

Dia Mundial da Saúde – 7 de Abril

Quando falamos em saúde, lembramos muito de alimentação e qualidade de vida.

Por coincidência (ou não) esses dois possuem uma boa representatividade no mercado e conseguem vender o ano todo.

Se seu ramo é o alimento, procure dar ênfase em produtos que remetam a saúde, aumentando assim, o faturamento nesse dia especial.

Uma estratégia que muitos utilizam é a da prova social. Através de propagandas e depoimentos de profissionais da área da saudade. 

Não esqueça, claro, de sempre trabalhar as redes sociais, para melhorar, ainda mais, seu relacionamento com os clientes. 

Dependendo do seu ramo, utilize sua plataforma para dar dicas de alimentos, hábitos saudáveis e exercícios físicos.

Dia Mundial do Café – 14 de Abril

Apenas o Brasil é responsável por um terço da produção mundial de café. 

Não é exagero afirmar que somos os maiores produtores de café do mundo.

E como a maioria dos brasileiros adora tomar um cafézinho de manhã, é um produto fácil de vender o ano todo.

Se você tem uma cafeteria, deve usar e abusar desse feriados para realizar promoções.

Você pode utilizar as redes sociais para fazer sorteios, ou também utilizar programas de fidelidade que disparam SMS para seus clientes, como a StayApp faz, enviando promoções e combos aos consumidores.

Páscoa – 21 de Abril

A Páscoa, juntamente com o Natal, é uma das principais datas comemorativa.

E se você quiser vender o ano todo, deve aproveitar essas datas!

Aqui no Brasil ela é sinônimo de chocolate.

A indústria varejista, portanto, deve abusar bastante desse feriado.

Claro, muitos comércios começam a vender ovos de páscoa muito antes da data comemorativa, mas é no final do mês de abril que as vendas dão uma alavancada.

Procure fazer descontos ou venda casada.

Não pense que você só se dará bem nessa época se for vender chocolate.

Sabemos que uma das principais razões das pessoas visitarem a loja física é a experiência que elas proporcionam.

Pense nisso e invista na decoração da sua, deixe-a com um clima que remeta a Páscoa.

Isso serve tanto para lojas de roupas, como supermercados, mercearias e outras lojas varejistas.

5- Maio

O mês de maio também vem recheado de datas interessantes.

O mês começa com o dia mundial do trabalho. Uma data extremamente importante para você recompensar os colaboradores da sua empresa.

Lembre-se que um bom relacionamento com o colaborador pode estimular (e muito) o aumento nas vendas, principalmente nesse período.

Já no dia do Campo (10/05), os varejistas (principalmente os supermercados) têm uma ótima oportunidade para impulsionar as vendas. 

Como a maioria dos produtos vem do campo, principalmente os hortifrutis, essa é uma ótima hora de negociar com os fornecedores e fazer boas vendas sazonais.

12 de Abril – Dia das Mães

Talvez a data mais importante para o comércio neste mês.

Aproveita-la é essencial para quem quer vender o ano todo.

Agora é hora de fazer comunicação pesada, voltada para a data.

Use as redes sociais não apenas para falar com as mães, mas também com os filhos!

Pois são eles que, a maioria das vezes, vão presentear suas mães.

Analise qual produto seu mais se encaixa nesse perfil, consulte seu histórico de vendas, análise como foi seu desempenho nesta data nos anos passados.

Claro, não deixe de parabenizar as mães. Seja através das redes sociais, ou de SMS com um programa de fidelidade inteligente como o da StayApp.

6- Junho

“Cai cai balão, cai cai balão”

Chegamos no mês Junino.

Deve se pensar em algo para lucrar mais.

Se você for fornecedor, busque aumentar a produção de insumos utilizados nessa época.

Para quem não segue esse ramo, mas talvez trabalhe na área alimentícia, utilize as redes sociais para divulgar receitas para festas como canjica e outras quitandas.

Você também pode fazer venda casada, como também adicionar pratos temporários nos cardápios de restaurantes. 

Além disso, assim como na páscoa, mesmo que seu negócio não trabalhe diretamente com as festas juninas, decore sua loja com uma temática junina.

7- Julho

Estamos no inverno e essa é uma ótima época para as lojas de roupas.

Mas não são somente elas que se beneficiam dessa época, os restaurantes, mercados e pequenos varejistas também podem aproveitar bastante.

Basta ter boas estratégias. Analise o perfil do seu consumidor busque formas eficazes de se comunicar com ele.

Além disso, para quem quer vender o ano todo, é necessário estar atento ao controle de estoque e fornecedores.

Estar preparado com antecedência é chave para o sucesso nesta época.

Em relação aos produtos, no ramo da moda atente-se a roupas de frios e acessórios utilizados na estação. 

Já os supermercados, fiquem atentos em alimentos e bebidas mais consumidos nessa época, como: vinhos, massas e chocolates.

8- Agosto

Já estamos no meio do ano e acredito que boa parte de vocês já devem possuir uma base fiéis de cliente.

Duas estratégias muito boas para vender o ano todo e que você pode testar na sua base de clientes, é o Up Selling e o Cross Selling:

Cross-Selling é quando você oferece produtos complementares àqueles que já possuem algum produto seu ou estão querendo adquirir.

Up-Selling é quando você vende uma versão Premium de algum produto que o seu cliente já tem.

Entenda que essas são técnicas de pós-venda e que você já deve ter tido alguma interação com o cliente.

9- Setembro

Estamos no início da primavera e já está criando expectativas e pensando em como aumentar suas vendas sazonais nessa época.

Mais do que isso, lidar com a concorrência e terminar o ano no verde.

Para os que trabalham no ramo da moda essa estação é uma das mais importantes.

Faça da sua comunicação igual aos produtos das novas coleções: mais alegre, brilhante e colorida.

Entenda que quando falo em comunicação, não é apenas ações publicitárias, mas também campanhas nas redes sociais e uma vitrine chamativa.

Uma vitrine é uma propaganda 24/7 e é ela que irá chamar a atenção do consumidor que passa.

Além disso, você também deve se preocupar com ambientação da sua loja, seja ela física ou virtual, englobe a temática da primavera nelas.

Aproveite e faça liquidação das coleções de inverno, já que você não irá dar mais ênfase nelas.

10 – Outubro

Quando falamos em outubro é impossível não lembrar da importante causa: câncer de mama.

O Outubro Rosa promove a campanha sobre o câncer de mama, lembrando os cuidados e prevenções.

Além de ser uma causa muito importante para se posicionar e apoiar, ela também cria diversas oportunidades com o cliente.

E, consequentemente, vendas.

Busque fazer comunicações baseadas nesse tema tendo sempre em mente o apoio a causa em 1º lugar.

Decore e utilize temáticas relativas ao Rosa.

Dependendo do seu ramo de atuação, promova workshops, palestras e datas festivas informando sobre a causa. 

Veja também como vender mais no Dia das Bruxas, aqui.

Veja também como vender mais no Dia das Crianças, aqui.

11 – Novembro

O mês de novembro é recheado de oportunidades, e elas podem ser divididas em duas: Novembro Azul é a famosa Black Friday.

Novembro Azul

Assim como o Outubro Rosa, o Novembro Azul promove a campanha sobre o câncer de próstata, lembrando os cuidados e prevenções.

E, assim como no Outubro Rosa, é uma excelente ocasião para mostrar posicionamento e utilizar isso a favor do seu negócio, seja promovendo workshops, palestras ou outras estratégias.

Apesar da importância dessa causa, quando se fala em venda sazonal, é impossível esquecer da Black Friday.

Black Friday

A “Sexta-Feira Negra” é originalmente americana, mas entrou no Brasil com força total.

Confira nosso Guia Completo sobre a Black Friday aqui.

Prova disso é o faturamento em vendas que em 2017 chegou a R$ 2.1 bilhões de reais.

A estratégia é simples: vender mais.

Para isso, é necessário se programar com antecedência e planejar cuidadosamente.

Já em outubro, sugiro que comece a alimentar a ideia de que uma Black Friday está próxima, aumentando assim, a expectativa do público para o grande evento que está por vir.

Estoque

Além disso, tenha estoque, muito estoque. Já converse com seu fornecedor e deixe tudo arrumado.

Tenha diversidade de produtos, as pessoas não querem apenas desconto em produtos que já estão acostumadas a comprar, elas querem coisas novas!

Desconto

O fator principal da Black Friday é o desconto.

Portanto, tenha em mente como usar essa ferramenta.

E nada de desconto falso, ofereça descontos verdadeiros, capazes de atrair as pessoas!

Divulgação

Se você poupou dinheiro com publicidade nos meses anteriores, é hora de gastá-lo aqui.

É muito importante que você faça uma boa divulgação nesta data, porque eu te garanto: o seu concorrente está fazendo!

Sua loja é física?

Então coloque todos os colaboradores na mesma página e preparemos para o que está por vir.

Seguindo essas dicas, é bem provável que seu Black Friday seja tão (ou até mais) lucrativo quanto o do seu concorrente.

Sua loja é online?

Tenha em mente que nessa data a quantidade de tráfego pode ser muito grande, a ponto de fazer com que seu site caia.

Para evitar transtornos, tanto para você quanto para os usuários que vão comprar de você, invista em uma hospedagem que dê conta de grandes quantidades de tráfego simultâneo.

12- Dezembro

Se a Black Friday foi boa, o Natal é ainda melhor.

Chegou a data cuja uma das principais atividades é presentear amigos e familiares.

E porque não aproveitar essa data para vender ainda mais?

1- Fidelização

A fidelização de clientes é algo que deve ser feito durante o ano todo.

O Natal não poderia ficar de fora. Utilize o espirito natalino para se manter uma boa relação com seu cliente, para que no futuro ele lembra de você.

Além disso, já venha mantendo contato com aqueles que compraram de você, informando que o Natal está próximo e que você está se preparando para atende-lo.

2- Atendimento

Uma das principais razões que as pessoas frequentam as lojas física é a experiencia.

Ela se da de diversas formas, uma delas é no atendimento.

O Natal é uma data especial, e o seu cliente deve ser tratado como tal.

3- Decoração

Assim como nas datas anteriores (Páscoa, Outubro Rosa, Novembro Azul e etc…) decore seu estabelecimento.

Além de proporcionar uma boa experiencia para o cliente, deixará sua loja mais prazerosa para os visitantes.

4- Estoque

Converse com seus fornecedores com muita antecedência. Veja quais produtos mais vender no seu ramo e tenha um bom estoque deles.

Aproveite também para liquidar os estoques da Black Friday que já passou.

Natal é época de presente, portanto, tenha um estoque garantido!

5- Promoções

Invista nos famosos “combos” seja ” 2 peças por R$ 99,0″ ou “Compre 1 e ganhe 2”.

Além disso, uma boa estratégia que alguns comércios utilizam é o desconto acumulativo

Por exemplo: O cliente compra 3 peças, a quarta pode sair de graça ou ter 50% de desconto, você escolhe.

6- Formas de Pagamento

Como todo mundo corre atrás de diversos presentes, comprar a vista nem sempre é possível.

Você, como dono de comércio, deve oferecer diversas formas de pagamento, e claro, parcelas.

Conclusão

Vender o ano todo é uma tarefa difícil, mas não impossível.

O segredo é aproveitar as datas comemorativas e incentivar os clientes com atrativos (seja bônus, cupons ou descontos) em outros períodos do ano.

Espero que este artigo consiga de guiar durante o ano todo para que você feche as contas no verde.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *