Manual de sobrevivência para o mercado: qual o maior erro de empresas que quebram em menos de seis meses?

Manual de sobrevivência para o mercado: qual o maior erro de empresas que quebram em menos de seis meses?

Empreendedorismo
Curtiu o post? Então compartilhe!

Interrompemos sua leitura para te apresentar um episódio do Podcast que ajuda empresas comuns a venderem como as gigantes do vale do silício! O Bicommerce Cast!

Neste episódio, João Augusto, Diretor Comercial da NéctarCRM mostra Erros e acertos nos mercados tradicionais e de tecnologia

O SEBRAE realiza, desde 2011, relatórios que mostram a taxa de sobrevivência dos negócios brasileiros. Os números mostram a grande dificuldade que os empreendedores têm encontrado para sobreviver ao mercado.

Hoje vamos falar sobre os principais erros e armadilhas a serem evitados.

Fuja da falta de planejamento

A maior parte dos casos são vinculados a fatores comuns entre donos de pequenas empresas. Como a falta de um plano de negócios, a má capacitação para gerir e a maneira de conduzir os negócios.

Se você acabou de abrir sua empresa, ou planeja começar em breve, atente-se aos detalhes. Procure cursos sobre gestão de negócios, para saber por onde começar. Informe-se sobre a área comercial que deseja atuar, sobre a demanda do seus produtos (ou serviços). E, acima de tudo, planeje todos os seus passos.

Quando você se planeja, é mais fácil entender que imprevistos vão acontecer. Sendo assim, você pode ter o plano A, B e C, adiantando-se para poder acompanhar o mercado e manter a competitividade da sua empresa.

Não tenha medo de capacitar

Sabendo que você vai precisar de um bom plano de negócios em mãos e segurança na sua capacidade de gerir os negócios, chegou a hora de pensar na sua equipe.

O comportamento do mercado consumidor mudou radicalmente com a chegada dos smartphones, e a tendência é continuar. A exigência por atendimentos personalizados, quase exclusivos, é cada dia mais acentuada e determinante para que este crie uma relação duradoura com a sua marca.

Portanto, sua equipe de atendimento deve ser sua maior aliada. Invista sempre em uma comunicação interna clara, que transmita com objetividade a filosofia e visão da sua empresa a cada um de seus funcionários e ajude-os a ter conhecimento sobre a área que estão atuando.

Não se esqueça de manter vivo o espírito de fazer parte. Seus funcionários precisam vestir sua camisa e acreditar no que estão vendendo ou oferecendo aos seus clientes. Um ambiente de trabalho harmônico atrai harmonia!

Junte-se ao marketing de relacionamento

Falamos sobre a mudança de comportamento do mercado muitas vezes aqui no blog. A concorrência cresce a cada dia, o leque de empresas oferecendo os mesmo serviços e produtos tende a aumentar, independente do setor de atuação.

Para sobreviver a sua empresa precisa vender. Após conhecer seu mercado a fundo, ter em mãos um plano de negócio que está pronto para ser colocado em prática e funcionários que são parte do seu negócio, é hora de começar a cuidar de quem vai comprar de você.

Seu objetivo deve estar focado em fidelizar e cativar cada um de seus clientes. Por isso, desenvolva canais de comunicação bem estruturados, que ofereçam respostas rápidas sempre que solicitadas. Busque criar benefícios que tenham a cara da sua marca, oferecer programas com vantagens e manter seu cliente por perto antes mesmo da compra e, principalmente, depois.

Sua relação com o consumidor começa em seu primeiro contato com a sua marca. Portanto, é essencial que a experiência seja personalizada em todas as etapas. As pequenas empresas que enviam aos participantes dos programas 2-3 comunicações por semana têm três vezes mais visitas de clientes do que as empresas que não enviam qualquer comunicação (SpotOn). Quanto mais seus clientes retornam, mais vezes você pode vender.

Lembre-se sempre que para não fechar as portas sua empresa precisa caminhar junto com o mercado. Busque analisar como se encontra a situação do seu negócio nessas áreas, e garanta a saúde do seu negócio.

Mais dicas para crescer o seu negócio? É só clicar aqui para ler mais artigos relacionados.


Curtiu o post? Então compartilhe!

1 thought on “Manual de sobrevivência para o mercado: qual o maior erro de empresas que quebram em menos de seis meses?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *