10 Produtos Mais Vendidos Em E-commerce

produtos mais vendidos em ecommerce
Curtiu o post? Então compartilhe!

Classifique este post
[Total: 2 Média: 5]

Qualquer pesquisa rápida no Google vai mostrar que o comércio eletrônico, ou e-commerce, é uma tendência avassaladora no mundo varejista. Apesar disso, ouso ir um pouco além, e afirmo que essa forma de negócio já se estabeleceu como uma das principais no mundo dos negócios. Principalmente em tempos de coronavírus.

Primeiramente, o e-commerce engloba todos os negócios que estruturam seu processo de compra e venda pela Internet. Ou seja, a relação comercial é estabelecida, e sobretudo realizada, por meio de ferramentas online.

O e-commerce não se limita a uma loja virtual, e sim engloba toda uma estrutura de funcionamento no mundo digital. 

Ainda está um pouco perdido? Saiba que o e-commerce digitaliza integralmente a venda e atendimento ao cliente. Consequentemente, abre portas para as mais diversas automações, como marketing, controle de finanças e, até mesmo, estoque.

Para melhorar sua leitura, separamos o artigo da seguinte forma:

Origem do e-commerce

A origem do e-commerce pode ser identificada no início da década de 1970. Na época, alunos da universidade de Stanford e do MIT adotaram a ARPANET (antecessora da Internet, desenvolvida pelo Departamento de Defesa dos EUA) para vender maconha para os alunos do campus.

Apesar do antecedente amador, foi em 1979 que o popular empreendedor Michael Aldrich apresentou um projeto que permitia fazer compras online por meio de uma televisão modificada. 

Esse sistema foi batizado de teleshopping. Dois anos depois, o primeiro sistema de online shopping B2B foi instalado. Ele foi utilizado pela empresa Thomson Holidays UK, do ramo de turismo. Devido ao acesso restrito, apenas empresas tinham acesso ao sistema. 

Foi só com o lançamento do primeiro buscador da web, o WorldWideWeb, criado por Tim Berners-Lee, que as vendas online tornaram-se acessíveis para os usuários comuns, em suas casas.

Em 1992, foi criado o primeiro website comercial, que vendia livros online e processava os pagamentos com cartão de crédito. Em sequência, em 1995, foram fundadas as gigantes Amazon e eBay. Em 1999, foi estabelecido o grupo Alibaba, na China. Daí pra frente, você sabe onde tudo foi parar (spoiler: no nosso agora!)

Vantagens do e-commerce

Primeiramente, o e-commerce costuma ser muito mais atraente para os clientes pelos preços. Eles costumam ser bem menores do que em lojas físicas Lembre-se que o e-commerce tem menos custos, como aluguel de loja, salário e comissão de vendedores.

Além disso, ele é muito mais prático para os clientes. Pois além de conseguirem comparar os preços com muita mais facilidade, também podem comprar sem sair de casa e receber o produto (físico) em casa ou, se for produto digital, fica disponível instantaneamente. Ou seja, compra na hora que quiser. 

Só existem vantagens? Certamente não! Alguns consumidores não sentem  segurança ao comprar pela internet, pois tem medo de golpes e afins. Além disso, existem muitas reclamações relacionadas ao tempo de espera da entrega, muito maior do que simplesmente ir a uma loja e voltar para casa com o produto.

Veja também Como Fazer um Catálogo Digital em 9 Passos Práticos

E-commerce B2B e B2C

O e-commerce B2B (Business to Business) é utilizado por empresas cujos principais clientes são outras empresas. Ou seja, que vendem maquinários ou matérias-primas para empresas, e não clientes físicos. 

Esse tipo exige um sistema mais complexo. Ele precisa ser preparado para trabalhar com variáveis na tabela de preços, nas condições de pagamento, nas regras de pedido mínimo, nas aprovações de cadastro e limite de crédito, nos impostos e no frete.

Em contraste, o e-commerce B2C (Business to Client) é utilizado por empresas que vendem diretamente ao consumidor final. Não existem limites para os tipos de produtos que podem ser vendidos nesta categoria.

Grandes e-commerces (Brasil e mundo)

O e-commerce ganhou o mundo, e uma das maiores empresas de vendas, se encaixam nesse segmento (no Brasil e no mundo) Veja os principais players desse mercado.

Amazon 

A Amazon é a maior varejista online do mundo, como também, é uma das que mais crescem no mundo inteiro. 

Além disso, quando chegou ao Brasil, também foi um grande sucesso e depois do lançamento do Amazon Prime (assinatura mensal que dá direito ao sistema de streaming da empresa, frete grátis e entrega rápida), a empresa conquistou o total de mais de 49,2 milhões de visitantes em seu website.

Walmart

Anualmente, a revista Forbes divulga uma lista com os maiores varejistas do mundo. O Walmart está sempre lá, como uma das empresas que trabalham com e-commerce.

Magazine Luiza

A Magazine Luiza, além de seu próprio e-commerce, também controla a loja virtual Época Cosméticos. Seu faturamento em 2015 ultrapassou R$2 bilhões.

cnova.com

O cnova.com é uma das príncipais empresas do ramo no Brasil. Com quatro e-commerces (Extra.com.br, CasasBahia.com.br, PontoFrio.com.br e Barateiro), ele bateu mais de R$3,4 bilhões de faturamento em 2015.

B2W Digital

O grupo B2W Digital é, certamente, um dos maiores do Brasil. Talvez você não conheça esse nome, mas certamente já acessou algum dos e-commerces que ele engloba: Americanas.com, Submarino, Shoptime e Sou Barato são as mais populares. Por fim, faturou mais de R$10 bilhões em 2015.

Veja também Como Vender pelo Whatsapp? Aprenda a Função Business e 6 Dicas!

10 produtos mais vendidos no e-commerce

produtos mais vendidos em ecommerce1

Por fim, finalmente vamos te trazer 10 produtos que são um verdadeiro sucesso no e-commerce

1 – Blusas femininas

O público feminino é atuante no e-ccommerce. Só em 2018, o e-commerce de moda e acessórios cresceu 148%. As blusas femininas fazem muito sucesso, por exemplo, no Mercado Livre.

Além disso, quando falamos de blusas femininas, nos referimos apenas às camisas, de todos os tipos imagináveis.

2 – Capacete

Talvez você não saiba, mas os capacetes foram o nono produto mais vendido no Mercado Livre no primeiro semestre de 2019. Tanto capacetes de motociclistas, como capacetes para bicicleta, estão incluídas neste tópico. 

3 – Roupa feminina em geral 

Aqui estão incluídos não só as blusas femininas, como também vestidos, calças, sapatos e tudo que compõe a categoria de roupa feminina. Ou seja, todo o universo de vestimenta feminina. 

4 – Notebook

O notebook aparece com força nas pesquisas e vendas. Notebook Samsung, Notebook Lenovo e Notebook Barato são as palavras chaves mais pesquisadas quando se compra notebook no Brasil. É também um dos produtos mais vendidos no Mercado Livre.

5 – Celular

Os celulares aparecem muito bem ranqueados em qualquer lista de maiores produtos vendidos no e-commerce. 

Novos modelos são lançados todos os anos, criando expectativa e vontade no consumidor por ter sempre o aparelho mais tecnológico que o mercado tem a oferecer.

Por fim, os mais buscados são: Iphone, Motorola, celular barato, android e celular Samsung.

6 – Relógio masculino

No passado, já foram o produto mais vendido no e-commerce. Apesar de não estarem em primeiro lugar, ainda são um dos mais vendidos. 

Em situações como a Black Friday, os relógios são muito procurados e, também, um dos mais vendidos. 

7 – Tênis

A moda é um dos segmentos mais aproveitados quando estamos falando de e-commerce. Não é atoa que os tênis são um dos produtos mais vendidos pelo e-commerce. 

Além disso, aqui não estamos falando apenas de modelos masculinos ou femininos, e sim, de todos os gêneros. 

8 – Produtos de beleza

Produtos voltados para beleza e saúde também vem se tornando um sucesso no e-commerce. Além de as mulheres serem um público bem grande, ultimamente os homens também estão ficando mais atentos aos cuidados pessoais.

Os itens mais vendidos podem variar entre:

  • cabelos;
  • pele;
  • barba;
  • tratamento facial.

9 – Pets

Pets shops não precisam ser necessariamente lojas físicas, uma vez que vendas online também são um sucesso para esse segmento. 

As opções aqui são: vender coleiras, brinquedos, escovas, shampoos, almofadinhas, cobertores e outros itens. 

10 – Livros

Por fim, é impossível não falar dos livros na lista de produtos mais vendidos no e-commerce. 

No Brasil, acompanhamos uma crise editorial nos últimos anos, que levou muitas lojas físicas de livros a fecharem. 

Apesar disso, empresas como a Amazon, conseguem ter um número de venda de livros altíssimo no país, mesmo com a crise.


Curtiu o post? Então compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *