Low Hanging Fruits: O que é e Como se Aplica nos Negócios

Low hanging fruits
Curtiu o post? Então compartilhe!

Classifique este post
[Total: 3 Média: 5]

Expressão muito utilizada no mundo dos negócios, Low Hanging Fruit se refere as coisas fáceis de se obter, que estão ao nosso alcance ou mesmo fáceis de execução. 

Basicamente, a ideia deste conceito é o seguinte, a maçã que está no topo é a mesma maçã, na maioria das vezes, que está em baixo. 

É a mesma coisa. Neste caso, a única diferença entre as duas é que uma você gasta menos energia pra pegar e a outra você gasta mais energia pra pegar. 

E como você já pode perceber, nos negócios existem várias coisas que gastam muita energia para serem executadas e outras que gastam menos.

Neste caso, ao aplicarmos este conceito em nossos negócios, focamos nas oportunidades mais facilmente alcançáveis. 

Algo que torna o nosso negócio muito mais eficiente e produtivo. 

Mas para que você entender um pouco melhor este conceito, basta acompanhar este post até final.

Vamos lá? 

Para facilitar a sua leitura, o artigo foi dividido da seguinte forma:

Afinal, o que é Low-Hanging Fruit?

Como já foi falado anteriormente, Low Hanging Fruit é uma expressão usada no mundo dos negócios para se referir as coisas fáceis de se obter, que estão ao alcance ou que são de fácil execução. 

Basicamente, a expressão significa algo tipo “frutas mais baixas”, que, por sua vez, são coisas fáceis de alcançar ou que podemos fazer primeiro e sem dificuldade. 

Entenda agora o seu conceito nos negócios.

Conceito de Low Hanging Fruit nos negócios

Um dos maiores objetivos da grande maioria dos empreendedores que desejam dar um passe adiante e fazer sua empresa crescer ainda mais é – aumentar a eficiência operacional do negócio. 

Em momentos de crise, a resposta para esta questão pode ser até mesmo decisiva para dar continuidade com o negócio ou não. 

Por isso, a importância de se criar alternativas para, por exemplo, reduzir os custos operacionais e criar estratégias de gestão que ajudem a agregar mais valor aos produtos e serviços. 

O que não quer dizer que, no primeiro instante, isso já será possível e a empresa já passará a ganhar mais. 

Em determinados momentos será necessário sacrificar algumas coisas para ganhar outras. 

E o fato é que, algumas metas que foram definidas para a organização serão mais fáceis de serem alcançadas do que outras. 

E aqui a entra a eficiência do Low Hanging Fruit para otimizar seus recursos. 

Neste caso, o ideal é que você escolha as maçãs de baixo da árvore, aquelas que exigirão menos esforço para serem colhidas. 

Assim, os resultados da empresa serão maximizados.

Como o Low Hanging Fruit se aplica nos negócios

Como já foi falado anteriormente, muitas pessoas ainda acreditam que para conseguir crescer e ter sucesso nos negócios é preciso fazer cada vez mais e ter mais esforço. 

Porém, muitos empreendedores e muitas empresas tem demostrado que não se trata de trabalhar mais, se esforçar mais ou ter mais dinheiro. 

Pelo contrário, é sobre como usar esses recursos da melhor forma. 

Infelizmente, a ineficiência das atividades organizacionais é um grande vilão quando o assunto são custos. 

Neste caso, quando mais eficiente for o trabalho, menos a empresa gasta com horas extras, com energia elétrica, sem contar que considerando uma escala mais ampla, muitas vezes é possível realizar o mesmo trabalho com menos funcionários quando ele é executado da maneira adequada.

Todos os procedimentos adicionais devem agregar valor ao que se entregará ao cliente.

Caso contrário, eles devem ser dispensados. 

E sim, devemos focar em entregar mais valor ao cliente, mas sem desperdícios no processamento, ou seja, aqueles resultantes de processos que não agregam valor. 

É essencial identificar as atividades que afetam negativamente a produtividade e o custo de produção e eliminar o impacto dessas atividades.

Algumas estratégias são essenciais de serem mantidas, como por exemplo, trabalhar a fidelização dos clientes. 

Com um grande diferencial, pois essas estratégias podem ser otimizadas graças ao advento de novas tecnologias. 

Como é o caso da ferramenta Stayapp. 

O StayApp permite que seu estabelecimento lance um programa de fidelidade inteligente e automatizado, que elimina a necessidade do cartão fidelidade de papel e começa a capturar os clientes apenas com seu número de telefone. 

O StayApp cria mensagens automáticas para esse telefone, de acordo com o comportamento de compra e recompra desse consumidor, para fazê-lo comprar mais vezes de você.

E no final, alavancar vendas vai ser uma consequência natural para a sua empresa.

Conclusão 

E aí o que achou do artigo?

Neste artigo você entendeu um pouco mais sobre o conceito Low hanging fruits e como ele pode ser aplicado nos negócios. 

Lembre-se que, basicamente, ideia deste conceito é o seguinte, a maçã que está no topo é a mesma maçã que, na maioria das vezes, está em baixo. 

É a mesma coisa. Neste caso, a única diferença entre as duas é que uma você gasta menos energia pra pegar e a outra você gasta mais energia pra pegar. 

E como você pode perceber, no ramo dos meus negócios existem várias coisas que gastam muita energia pra pegar e outras menos energia pra pegar.

Por isso, comece a utilizar este conceito em seu negócio e aproveite todas as vantagens que irão surgir. 

Aproveite, curta e compartilhe a sua opinião conosco! 

Dúvidas, críticas ou elogios deixem nos comentários. 

Até a próxima! 


Curtiu o post? Então compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *