gestão de funcionários

Gestão de Funcionários: Guia Completo em 8 passos!

Empreendedorismo
Curtiu o post? Então compartilhe!

Neste momento a sua empresa trabalha e comercializa produtos de qualidade, porém o número de vendas não está saindo como o planejado? Você fez um grande investimento, mas o retorno não está acontecendo conforme o esperado?

Primeiramente, é importante que você saiba que não está sozinho nisso, pois essa é uma situação que muitas empresas passam, e infelizmente muitas vezes não sabem o que fazer para melhorar os resultados.

E geralmente o grande problema, para muitos empreendedores é que, apesar de terem conseguido uma clientela grande o suficiente para se manter em operação, não fazem ideia de como alavancar as suas vendas.

Porém, não se preocupe, pois neste artigo você aprenderá as melhores formas de aumentar suas vendas, sem necessariamente focar em vendas, e também tudo sobre como fazer a gestão correta e eficiente dos seus funcionários.

Para facilitar a leitura deste artigo ele foi dividido em alguns tópicos!

  • Reavalie as suas estratégias – venda sem vender
  • Foque no seu cliente e não venda
  • Treine e qualifique os seus funcionários corretamente
  • Organize e gerencie a equipe também por segmento
  • Tenham um processo padronizado
  • Gerencie corretamente a quantidade de tarefas
  • Invista nas ferramentas corretas

1- Reavalie as suas estratégias – venda sem vender

Muitas vezes oferecer um bom serviço ou produto não é suficiente para fechar as vendas. E muito provavelmente você já sabe disso.

Porém, talvez ainda não saiba os reais motivos pelo os quais você está perdendo suas vendas, mesmo se dedicando e fazendo o atendimento que considera da forma mais correta possível.

E no final, você se pergunta, por que o cliente não fechou a venda?

E neste momento, devemos destacar alguns pontos que são muito importantes.

Na maioria das vezes, os vendedores são treinados apenas com foco na venda e não no cliente.

E no final, não conseguem demonstrar que a sua oferta era capaz de entregar ao cliente exatamente aquilo que ele procurava.

O cliente que negocia, muitas vezes não passa de mais um número, o qual o vendedor está ansioso para contabilizar.

Apenas preocupados com o fechamento conduzem a negociação com pressa e não sabem lidar bem com as objeções que na maioria das vezes acontecem, forçando o cliente a fechar logo, pois não poderá perder a promoção.

E essa pressão acaba afastando o cliente ao invés de aproximá-lo, mesmo que muitos vendedores ainda continuem fazendo isso. No final, esquecem de mostrar os benefícios e de fato fidelizar o cliente.

E analisando o mercado atual, e as mudanças nos perfis dos clientes, não temos dúvidas de que, por mais que você seja atencioso e domine o que está vendendo.

O cliente somente irá comprar se ele perceber os reais benefícios na vida dele, e isso dependerá de acreditar que está diante da melhor oferta para o que ele necessita.

2- Foque no seu cliente e não venda

Como já podemos perceber o foco no cliente e não apenas na venda, é essencial para que você tenha um resultado satisfatório, por este motivo, é necessário que você entenda exatamente como fazer este processo e da maneira mais correta possível.

Uma empresa ou negócio que não se preocupa em atender as necessidades dos seus consumidores e também não trabalha a fidelização da forma correta, acaba perdendo o seu público e acumulando problemas financeiros.

E para isso não ocorrer muitas empresas também utilizam a tecnologia para aproximar o seu contato com o cliente e melhorar o processo de fidelização, e algumas ferramentas fazem todo esse processo de uma forma automatizada.

Como é o caso da Stayapp que captura seus clientes através de um programa de fidelidade, organiza automaticamente a sua base de clientes e envia mensagens por WhatsApp automáticas, para atrair mais vendas para a sua loja.

É importante que você compreenda que ao focar no cliente, a sua empresa poderá conhecê-lo bem melhor, podendo oferecer os produtos ideais e um atendimento que esteja de acordo com as expectativas.

E é claro, quando a empresa foca no cliente, mostra que realmente se importa com os seus consumidores, o que faz com que eles sintam que as necessidades estão realmente sendo atendidas e passem a dar preferência, tornando-se fiéis à sua empresa.

3- Procure sempre conhecer bem o seu público alvo

Sabemos que toda ação de divulgação dos seus produtos precisa ser direcionada a um público específico. Por este motivo, é importante saber para quem você está vendendo.

No final, o seu público-alvo irá determinar a mensagem que será veiculada nas ações de marketing, a forma como essa mensagem será transmitida e até mesmo os meios em que essa estratégia de marketing será realizada.

Consulte e estude os dados referentes à fatia de mercado em que você atua e também os cadastros dos clientes que já frequentam a sua loja, procure saber os dados demográficos desses consumidores, cidade predominante, gênero e renda média.

E não se esqueça de ter clareza do público que está trabalhando ou pretende trabalhar. Pois além das estratégias de marketing, o conhecimento do seu público alvo será vital para outras atividades da empresa, como a determinação de preços, localização física das lojas, e etc.

4- Treine e qualifique os seus funcionários corretamente

É importante que você entenda que, de nada adianta ter um ótimo planejamento focado nos clientes, se os vendedores não saberem como executá-lo.

Portanto, qualifique os seus funcionários, treine e apresente as melhores formas e ferramentas do mercado para que eles se tornem campeões de vendas.

Não faltam opções para treinar os colaboradores, sendo que uma das principais é investindo em cursos e certificações, palestras e, principalmente, sabendo ouvi-los para desta forma atender as suas reais expectativas.

Os treinamentos são necessários para manter a motivação e habilidades de todos os funcionários em um nível elevado. E essa é uma prática que merece todo o destaque, pois tem um ROI (retorno sobre investimento) muito maior.

Pois os vendedores irão trabalhar muito mais motivados, dominando as atividades que desenvolvem e também é claro, ajudando a aumentar o número de vendas e fidelizando os clientes

Ou seja, é uma das melhores formas de integrar os setores, como marketing e vendas. E que, além de unir, irá tornar o trabalho dessas equipes mais completo.

E como você pode perceber, o aumento de vendas acaba sendo um fator “secundário, muito mais como uma consequência do ótimo atendimento e das técnicas de vendas corretas.

5- Organize e gerencie a equipe também por segmento

Como a sua empresa atua no mercado, no B2B ou B2C? Divida a sua equipe de vendas também nesses segmentos.

As estratégias utilizadas para aumentar as vendas no varejo, que neste caso, é vender para o consumidor final, tem uma abordagem diferente do que vender para pessoas.

A abordagem, acompanhamento, relacionamento, praticamente tudo no processo de vendas será diferente.

Por este motivo, não use uma única equipe de vendas para fazer tudo, pois certamente o resultado não será como o esperado.

E para você fazer a gestão da sua equipe de vendas de uma maneira correta, faça uma divisão adequada e também com que eles se concentrem nos seus segmentos específicos.

6- Tenham um processo padronizado

Tudo precisa de um roteiro. Na visita, na ligação, na negociação e no fechamento. Praticamente todas as etapas da venda precisam ter um roteiro do que precisa ser feito, para que o objetivo principal daquela etapa seja alcançado.

  • O que realmente o seu vendedor fala no telefone?
  • O que é apresentado pelo o seu vendedor em uma reunião com o cliente?
  • E quais são os argumentos na hora da negociação?

E a melhor maneira de como gerenciar os seus vendedores é assegurando que todas as etapas da venda terão o mesmo padrão, independente do vendedor que estiver atendendo o cliente.

7- Gerencie corretamente a quantidade de tarefas

No momento que você estiver fazendo a gestão da sua equipe, é preciso lembrar que, se você possui uma agenda considerada humanamente impossível de ser cumprida, o negócio não irá funcionar e as tarefas acabarão ficando pendente para os próximos dias, e sabemos que isso não é produtivo.

Uma equipe de vendas não pode resolver tudo ao mesmo tempo, e em um único dia. É importante que você possa dividir as tarefas corretamente, para alocá-las dentro do horário de trabalho de maneira que, o que não couber deverá ficar apenas para o próximo dia.

E neste caso, é muito importante colocar as tarefas que forem mais urgentes entre as primeiras tarefas do dia. E em seguida, deixar as tarefas menos urgentes e mais fáceis.

Uma equipe foca em vendas precisa fazer o que tem de ser feito. Não tem como gerenciar uma equipe de vendas negligenciando as tarefas.

8- Invista nas ferramentas corretas

Como podemos perceber, objetivo deste artigo foi fazer com que você aumente as suas vendas sem necessariamente focar em apenas vender, e tudo isso é possível mudando as estratégias de gestão e investindo nas técnicas e corretas.

Porém, é importante manter o equilíbrio e lembrar-se de que as ferramentas de qualidade farão toda a diferença na sua capacidade de vender e de fidelizar os seus clientes.

Pois, o objetivo final não é apenas vender a curto prazo, mas ter uma estrutura que permita fazer isso de uma forma mais escalável e por um bom tempo, e isso é claro, exige as ferramentas adequadas.

Como no caso da ferramenta Stayapp que permite que você alcance muito mais vendas com uma plataforma de automação de marketing para lojas físicas.

O Stay permite que seu estabelecimento lance um programa de fidelidade inteligente e automatizado, que elimina a necessidade do cartão fidelidade de papel e começa a capturar os clientes apenas com seu número de telefone.

Assim, o StayApp cria mensagens automáticas para esse telefone, de acordo com o comportamento de compra e recompra desse consumidor, para fazê-lo comprar mais vezes de você.

E no final, você vai perceber que algumas dessas ferramentas têm um custo mínimo quando comparadas com os benefícios que trazem.

Alavancar vendas vai ser uma consequência natural para a sua empresa se tiver todas essas estratégias em ação, ainda mais com as dicas que foram mostradas aqui para realizar cada uma delas.

Mais dicas para crescer o seu negócio? É só clicar aqui para ler mais artigos relacionados.


Curtiu o post? Então compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *