nomes biblicos para empresas

40 Nomes bíblicos para sua empresa

Empreendedorismo

Sua intenção é abrir um empreendimento evangélico, mas não sabe ao certo qual nome escolher? Fique calmo porque selecionamos algumas opções para te ajudar nessa missão. 

Assim, confira nomes bíblicos para sua empresa que podem te inspirar.

  1. Lojão Celestial
  2. Outlet Bom Senhor
  3. Querido Jesus
  4. Estrela Guia
  5. Empório Evangélico
  6. Outlet Evangélico
  7. Império Evangélico
  8. Top Evangélico
  9. Max Evangélico
  10. Bom Manancial
  11. Divina Fashion
  12. Divino Viver
  13. Universo Divino
  14. Divina Graça
  15. Bendita Graça
  16. Boa Graça
  17. Nosso Rei
  18. Boutique Rosa Saron
  19. La Bela Vida
  20. Loja Cheia de Graça
  21. Divino Jesus
  22. Divino Pastor
  23. Divino Cristo
  24. Deus é Rei
  25. Divino Rei
  26. Outlet do Senhor
  27. Império do Senhor
  28. Reino dos Céus
  29. Graça de Deus
  30. Fé em Deus
  31. Bella Fé
  32. Esquina do Senhor
  33. Empório de Deus
  34. Empório da Graça
  35. Empório do Senhor
  36. Empório do Rei
  37. Empório da Fé
  38. Café Javé
  39. Entre Salmos
  40. Santa Fé

Por onde começar a escolher o nome

Antes de bolar nomes criativos para sua adega, você precisa definir e conhecer seu público-alvo. Com essa informação, também é possível estabelecer a qualidade do produto com o qual irá trabalhar e, por consequência, seus valores. 

Outro aspecto importante ressaltar é saber qual a mensagem deseja passar ao seu consumir com o nome escolhido. A comunicação por meio da nomenclatura, embora tenha de ser chamativa, precisa de cuidados.

Unir iniciais de nomes, usar siglas ou mesmo pegar palavras emprestadas de outras línguas, pode gerar resultados desagradáveis. 

Seja o mais simples e direto possível

Boa parte das marcas de sucesso possuem ao menos uma coisa em comum: um nome simples. Exceções à parte, o mais recomendável quando pensamos na nomenclatura para um empreendimento é ter em mente algo simplificado.

Leia também:  65 Nomes Para Loja de Bijuterias, Joias e Acessórios

Opte por menos sílabas e corra de nomes muito grande e complexo. Ser simples e direto tende a proporcionar a memorização do público. Assim como a pronúncia, pois não adianta o nome ser curto, mas difícil de pronunciar.

Evite ambiguidade

A ambiguidade é mais uma preocupação necessária na hora de criar o nome para seu empreendimento. O cuidado com ela se torna ainda mais imprescindível caso seus planos seja expandir o negócio para outro país.

Quando isso acontece, os empresários tendem a escolher nomes na língua inglesa. No entanto, algumas pronúncias podem soar desfavoráveis em terras nacionais, visto que certas palavras abrem brecha para interpretações pejorativas.

Sempre pesquise a disponibilidade

Antes de se apegar demais em um nome, verifique a disponibilidade dele no mercado. Pesquise no Google, consulte redes sociais, domínio de sites e, se for o caso, procure por marcas registradas no site do INPI. 

Esses passos são prevenção contra a frustração e possíveis dores de cabeça. Afinal, você não vai querer pegar a marca de outra pessoa, né?!

Dicas para abrir seu empreendimento

O primeiro passo para você iniciar seu empreendimento é fazer um plano de negócio. Algo que, inclusive, é essencial para todos os setores que pretende abrir. O plano de negócio permite uma visão mais abrangente da empresa e do mercado no qual ela está inserida. 

Com ele, é possível definir os tipos de serviços e produtos que pretende oferecer. Assim como organizar detalhes financeiros, logística e recursos humanos. O desenvolvimento da sua empresa começa a partir dele.

Alguns dos principais pontos do plano de negócio:

  • O que é o empreendimento
  • Quais os principais produtos e/ou serviços
  • Quem serão os clientes
  • A loja será apenas virtual ou também física
  • O montante de capital investido
  • Qual será o faturamento mensal
  • Em quanto tempo espera ter retorno do capital investido
Leia também:  Como Breaking Bad pode te ensinar mais sobre DIFERENCIAL COMPETITIVO!

Dicas para abrir uma loja virtual

1 – Saiba quem é seu público

Um dos primeiros passos para começar um negócio é definir e, principalmente, conhecer bem seu público-alvo. Saber para quem você pretende vender, onde essas pessoas são encontradas, se elas usam rede social, qual a forma que mais consumem informação. Assim como faixa etária e poder aquisitivo.

Quanto mais você souber a respeito do público com o qual pretende se relacionar, mais assertivas serão suas estratégias de negócios. Poderá fazer campanhas direcionadas e desenvolver um marketing mais centrado no objetivo.

2 – Escolha os canais de venda

É importante decidir quais os canais de venda serão disponibilizados por sua empresa. Se elas serão apenas pelo site ou se terão apoio de redes sociais. Se sim, quais? Vai apostar apenas no Instagram ou também pretende investir no WhatsApp? Cada um desses canais terá de ter atendimento.

3 – Produtos de qualidade

A qualidade do produto é uma das peças-chaves para conquistar o consumidor. As pessoas não importam de pagar a mais por algo que vale a pena ter. Um produto com padrão elevado, também oferece segurança e bem-estar aos consumidores. 

6 – Invista no marketing

Sua marca representa a mensagem que você quer passar ao público. Por isso, ela precisa ser muito bem pensada e desenvolvida. Isso deve ser trabalhado com o profissional de marketing, uma parte necessária para o sucesso do seu negócio. 

O profissional da área te indicará os melhores meios para alcançar seu público-alvo e as formas mais assertivas de aumentar as vendas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *