8 Ideias para Loja de Bebê: Como Montar Sua Loja de Artigos e Vender Mais!

ideias para loja de bebes
Curtiu o post? Então compartilhe!

Classifique este post
[Total: 0 Média: 0]

Uma loja de artigos para bebês não é a primeira ideia de investimento para a maioria dos empresários que estão começando, afinal, esse tipo de negócio não parece chamar tanta atenção inicialmente. 

Muitos empresários seguem a seguinte linha de raciocínio: bebês crescem rápido, consequentemente, a maioria das roupas e produtos vendidos para essa faixa etária são consumidos em um curto período de tempo. 

Apesar do pensamento não ser mentira, ele peca em não englobar outras circunstâncias. 

Primeiramente, de acordo com Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no Brasil nascem cerca de 5 bebês por minuto. Cada família que recebe um bebê novo, gasta milhares de reais em enxoval e produtos específicos para bebês. 

Além disso, esse é um mercado pouco explorado, ou seja, com bastante espaço para ser explorado e render dinheiro.

Dito isso, existem algumas coisas importantes para montar sua loja de artigos específica, por isso reunimos várias idéias que vão te ajudar a seguir esse caminho. 

8 Ideias para montar uma loja de bebês

1 – Conheça o mercado

Como foi dito anteriormente, o mercado para bebês é sempre quente, movimento muito dinheiro anualmente no Brasil. 

Mas isso não é suficiente, pois é obrigação do empresário conhecer profundamente o mercado local. Ou seja, ele precisa saber como funciona o mercado para bebês na região onde atuará. 

Isso é extremamente importante para que ele consiga manter o seu negócio de pé e monte estratégias para obter um bom faturamento. 

Em resumo, é importante que o empresário reúna o máximo de informações possíveis. Essa pesquisa pode contar com:

  • Busca na internet, pesquisando sites sobre o assunto; 
  • Pesquisa com outros lojistas, conversando com pessoas já ativas nesse mercado e, também, concorrentes diretos;
  • Consultar o máximo de profissionais possíveis, como. por exemplo, analistas de mercado.

Dentre essas pesquisas, talvez a mais importante seja a com os concorrentes da sua região. 

Descubra onde estão localizados, como se comunicam com os clientes, se possuem loja virtual ou só física e, principalmente, a faixa de preço.

Tudo isso irá permitir que o empresário entenda o terreno que está pisando e como irá se posicionar quando inaugurar a sua loja. Ou seja, é preciso analisar os pontos positivos do concorrente, para seguir, e os negativos, para fazer completamente diferente. 

2 – Acompanhe as tendências 

Assim como qualquer outro mercado, as lojas de bebê também, seguem suas tendências específicas.

Por exemplo, bebês e crianças muito novinhas amam o universo dos  super-heróis e desenhos animados. Consequentemente, o empresário precisa conhecer os personagens de destaque do momento. 

Se o empresário está por dentro dessas tendências, ele consegue atender a massa do público, que certamente irá se interessar por esses produtos temáticos. 

Dessa forma, ele irá angariar um alto número de clientes e irá manter uma alto faturamento. 

3 – Segmentação

Lembra que orientamos fazer uma pesquisa de mercado? Ela é vital para definir a segmentação da loja de bebês. 

A loja irá oferecer todos os produtos relacionados com bebês? Até que idade? Será apenas um tipo de produto?

Para responder essas perguntas, é preciso levar em consideração a quantidade de produtos que surgem para este mercado.

O empresário tem chances maiores de sucesso se conseguir afunilar sua oferta de produtos e oferecer o que mais está em falta no mercado, baseado na região em que trabalha. 

Assim, você conseguirá definir se irá trabalhar com vestuário, móveis, acessórios, lembrancinhas ou tudo isso ao mesmo tempo.

4 – Fornecedores

Definida a segmentação, agora é preciso encontrar os fornecedores. Sabendo quais serão os fornecedores, é possível determinar os custos com o seu empreendimento e o investimento inicial. 

Por exemplo, muitos fornecedores exigem um número mínimo de compra. Você precisa ter essa noção para realizar o planejamento mensal. 

Além disso, é de extrema importância que os objetivos e visão dos fornecedores estejam alinhados aos da loja de bebê. 

Só assim, será possível ter pontos em comum em termos de negócio.

5 – Comunicação visual

A comunicação visual é extremamente importante, uma vez que agrega valor à marca. Sobretudo, ela é essencial para atrair o seu público-alvo para a compra.

O ideal é procurar uma agência de comunicação ou profissionais de marketing freelancers para efetuar esse serviço. 

Inicialmente, faça reunião com essa equipe para reunir informações para montar a identidade da sua marca.

Logo depois, será preciso fazer um planejamento de comunicação e marketing para ser seguido por um período maior.

Também é importante pensar nas propagandas, nas redes sociais e no relacionamento com o público. 

6 – Capital inicial

Você já sabe quanto precisará investir? Saiba que o investimento inicial pode chegar em até R$ 150 mil. 

Esse valor engloba aluguel, montagem da estrutura, compra de produtos iniciais e até mesmo divulgação

Essa última necessita de investimento, sem miséria, por que a divulgação é um ponto chave para a vinda de clientes. 

Mas cuidado, com este setor não deve ser gasto mais que R$ 1 mil. 

7 – Estrutura

Esse tipo de loja pede um certo requinte especial. lembre-se que seu público é essencialmente feminino e casais.

Parte do capital inicial, já falado anteriormente, será investido na estrutura. Lembre-se, o espaço precisa ser grande. Além disso, ele precisa ser bem pensado para atrair a atenção das mamães para os produtos. 

É preciso ter uma vitrine externa, além das prateleiras com produtos e um salão para montagem de itens para venda. Além disso, é preciso ao menos uns 60 metros quadrados para ter uma loja bem variada.

8- Tenha um catálogo digital

Hoje em dia, grande parte das comprar é feita online, principalmente em tempos de pandêmia.

Para ajudar o seu cliente e até mesmo você, crie um catálogo digital totalmente integrado com o seu whatsapp. Dessa forma, o seu cliente faz o pedido e ele sai totalmente resumido no seu WhatsApp, evitando a demora no tempo do pedido.

Não se preocupe, você pode Criar o seu GRATUITAMENTE AQUI.


Curtiu o post? Então compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *