Golpes do Whatsapp em Restaurantes: Veja Quais São e Aprenda Evitar!

tipos de golpe whatsapp
Curtiu o post? Então compartilhe!

Classifique este post
[Total: 0 Média: 0]

Seu empreendimento não está livre de tentativas de golpe. Consequentemente, você precisa de atenção redobrada e cuidado para lidar com esse tipo de inconveniente. 

Primeiramente, você precisa ficar ligado em quais são os principais tipos de golpe contra esse tipo de empresa. 

Também precisa saber o que fazer quando cair em algum tipo de golpe do tipo e, até mesmo, como fazer a denúncia. 

Por fim, saiba como se proteger desse tipo de golpe. A StayApp vai te ajudar a se proteger. Separamos o artigo nos seguintes tópicos:

Tipos de golpes pelo whatsapp

Existem diversos tipos de golpes através do WhatsApp ou, até mesmo, ligações. Quando estamos falando apenas de pessoas físicas, o mais comum é aquele em que você recebe uma ligação falando que alguém próximo foi sequestrado e que você precisa pagar o resgate. 

Acontece que existe um tipo de golpe que pode afetar diretamente a sua empresa. 

Ele, normalmente, está ligado à obtenção de dados e informações pessoais e financeiras arquivados em computadores e celulares.

Ele ocorre de uma maneira simples. O usuário do WhatsApp em questão recebe uma mensagem contendo um código de seis dígitos. A mensagem promete vantagens exclusivas. 

No caso dos restaurantes, o golpe pode oferecer descontos ou refeições gratuitas. Os golpistas utilizam o nome de lugares famosos, e o seu pode ser um deles. 

Caso o código seja compartilhado, é possível invadir o WhatsApp da vítima e conversar com os todos os seus contatos. 

Esse tipo de golpe funciona para capturar informações das vítimas e pedir dinheiro em nome da vítima para os contatos cadastrados no aplicativo. 

Outro tipo, que também envolve restaurantes, é o famoso caso da festa. Os clientes recebem mensagem avisando que o restaurante em questão vai dar uma grande festa e que para participar, basta um código de verificação que você recebe no celular. Esse código permite que o trapaceiro clone todas as informações do seu Whatsapp.

O que fazer quando cair no golpe do whatsapp

Toda empresa pode estar suscetível a cair nesse tipo de golpe. Consequentemente, ela precisa estar preparada para lidar com a questão. 

Primeiramente, sempre deixe claro para o cliente que, se tiver qualquer dúvida, deve entrar em contato direto com a sua empresa. 

Nesse momento, do golpe, eles precisam estar cientes que podem contar com o SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor) da empresa, como também podem entrar em contato pelo telefone ou e-mail, para checar se aquele contato é verdadeiro. Sua empresa precisa estar pronta para orientá-lo corretamente.  

Também é importante que você diga a ele que a sua empresa não costuma fazer ligações pedindo códigos de confirmações para que o anúncio seja aprovado, ou afins. Dessa forma, ele vai estar menos suscetível a cair em golpes que envolvam o nome do seu empreendimento e você ainda ganha mais credibilidade. 

Também é interessante orientar os seus cliente a nunca compartilhe dados pessoais, códigos ou, até mesmo, que faça transferências sem confirmar a identidade da pessoa.

Oriente o cliente que para ter certeza que não está caindo em um golpe, peça para a pessoa te responder por áudio ou te ligar, por exemplo. 

Se o seu cliente já caiu no golpe, usando o nome da sua empresa, fale para ele ficar alerta se foram acessadas senhas ou dados pessoais.

É importante ele cancelar cartões de crédito e débito para evitar compras indevidas. A instituição financeira também pode ser informada para cancelar e fazer novas senhas. 

Além disso, ele também deve dar entrada em um B.O. Lembrando que nele deve conter o máximo de dados possível para que a autoridade policial também tente descobrir quem está por trás do crime.

Por fim, se a sua empresa descobre que seu nome está sendo usado para golpes, é importante que ela faça um comunicado imediatamente. 

Use as redes sociais para avisar a todos os clientes que a empresa não está oferecendo nenhum tipo de festa ou aquela promoção em questão. É importante que seus cliente fiquem espertos para não cair nesse tipo de golpe, e também é sua responsabilidade alertá-los. 

Como se proteger do golpe do whatsapp

Primeiramente, existem algumas medidas que podem diminuir a chance dos seus clientes de caírem nesse tipo de golpe. 

Ele pode usar algum tipo de antivirus no celular que identifique esse tipo de contato malicioso. 

Além disso, ele também pode ficar ligado em mensagens de Spam. O WhatsApp costuma sinalizar quando é esse o caso e, por isso, você sempre deve ser autorizado pelo seu cliente antes de mandar mensagens para ele. 

Dito isso, sempre oriente o seu cliente a usar, no Whatsapp, o sistema de verificação em duas etapas. Ele impede que o mensageiro utilize apenas o sistema de código para verificar a identidade do usuário. Veja o passo a passo:

  • Para fazer isso, clique nos três pontos no canto superior direito e, em seguida, selecione ‘Configurações’;
  • Na próxima tela, escolha ‘Conta’;
  • Em seguida, ‘Confirmação em duas etapas’;
  • Depois basta selecionar ‘Ativar’ e escolher uma senha e adicionar um e-mail.

Além disso, caso seja solicitado uma redefinição de aparelho através de um código de verificação padrão, essa senha também será solicitada.

Uma vez que o recurso for ativado, todas as vezes em que o número de telefone associado ao WhatsApp tiver de ser verificado, o usuário terá de inserir um código de seis dígitos criado por ele.

Por fim, quando tem de verificar um número, o WhatsApp exige que o usuário insira um número de celular para o qual um código é enviado. Além da sequência de números recebida por SMS, o usuário também terá de criar uma senha.


Curtiu o post? Então compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *