Gestão de Custos e Formação de Preço: O que é e Como Fazer!

gestão de custos
Curtiu o post? Então compartilhe!

Classifique este post
[Total: 5 Média: 5]

Quando falamos em gestão de custos e formação de preço, a maioria dos empresarios(as) não sabem o que (exatamente) é isso e nem como fazer.

O seu sucesso financeiro irá depender, em boa parte, de uma boa gestão de qualidade. 

Saber analisar os custos e definir a metodologia que melhor se encaixa na formação do preço do seu produto ou serviço é algo essencial e tem um forte impacto no planejamento estratégico de qualquer empresa.

E para entender um pouco mais a importância da gestão de custos e formação de preço para o seu negócio, basta acompanhar este post até o final. 

Vamos lá? 

Para facilitar a sua leitura, o artigo foi dividido da seguinte forma:

Entenda a importância da Gestão de custos e Precificação

Todos os empreendedores de sucesso precisam adotar algumas práticas saudáveis no seu dia a dia, a fim de garantir os melhores resultados para o seu negócio. 

Hoje sabemos que algumas delas são definitivas, como a gestão estratégica dos custos.

Isso porque mais do que assegurar a sobrevivência da empresa, uma Gestão de Custos eficiente permite o seu crescimento em ambientes competitivos. 

Neste caso, uma das principais metas da gestão de custos é dar mais segurança na hora de definir a sua margem de lucro em cada item. 

O que acontece especialmente porque a formação do preço de venda do produto ou do serviço está ligada à apuração das despesas.

A contagem correta dos gastos é um fator que influencia muito nos resultados. 

E é exatamente por isso que os desembolsos, do menor ao mais alto, devem receber toda a atenção.

Os principais propósitos da gestão de custos são:

  • encontrar informações sobre o rendimento e o desempenho de diversas atividades da empresa;
  • auxiliar no controle, planejamento e desenvolvimento das operações;
  • fornecer informações que possam subsidiar a tomada de decisões.

Por isso, é tão importante que você conheça, administre e controle com propriedade os seus custos e despesas.

Além disso, uma outra virtude de todo empreendedor é sempre buscar formas de aumentar a competitividade dos seus produtos e serviços no mercado. 

Lembre-se, para o seu consumidor, o fator preço é um dos argumentos de venda mais decisivos no momento da compra. 

Neste caso, com uma gestão de custos alinhada, além de conhecer o investimento exato na produção e oferta de produtos e serviços, sua empresa oferecerá um preço final adequado à sua realidade e a dos consumidores.

Aprenda como detalhar corretamente os custos do negócio

A primeira coisa que precisamos fazer é diferenciar os dois conceitos: despesas fixas x custos variáveis. 

Despesas fixas são os valores que não têm relação direta com o custo dos produtos. 

Aqui não importa se você vendeu 100 ou 1000 unidades, esses gastos não sofrem alterações. 

Diferente das despesas fixas, os custos variáveis podem ser alterados conforme a demanda durante a produção ou a disponibilização dos serviços.

Os impostos, comissões sobre vendas, horas extras de funcionários, manutenções emergenciais são despesas flutuantes. 

Porém, já o aluguel do prédio, a conta da Internet e os salários dos colaboradores são exemplos de desembolsos fixos. 

É entender essa diferença é muito importante. 

Depois do levantamento dos custos fixos e variáveis, é recomendado que se faça um registro de todos os gastos. 

Pois, é dessa forma que será possível identificar os investimentos desnecessários e cortá-los.

Esse já é um grande passo para entender a gestão de custos e formação de preço.

Afinal, o que é uma boa gestão de custos?

Como você já pode perceber, controlar os custos dos negócios é uma medida essencial para garantir a manutenção da saúde organizacional de uma empresa. 

Do contrário, quando feita de forma errada, essa gestão interfere nos resultados, implicando queda de produtividade e faturamento.

Com isso, a empresa correrá o risco de estipular preços impraticáveis, o que é uma ameaça às margens de lucro, para o volume de vendas e até mesmo para sobrevivência da empresa. 

Para resumir, podemos dizer que uma boa gestão de custos calcula com eficiência e precisão todas as despesas envolvidas em um empreendimento.

E isso precisa ser feito diariamente para que assim, nenhum dado fique de fora.

Conclusão 

Neste artigo você conheceu tudo que você precisava saber sobre Gestão de custos e formação de preço. 

E como você pode perceber durante a leitura deste artigo, se a sua empresa investir em uma gestão de custos eficaz, provavelmente gastará menos e lucrará mais. 

A partir da análise dos dados obtidos durante esse levantamento rotineiro, é possível conseguir informações valiosas que influenciarão diretamente na tomada de decisões e, consequentemente isso poderá trazer uma maior satisfação aos clientes. 

Lembre-se que, é essencial que você não esqueça de se preocupar com o seu cliente, pois ele é quem vai garantir o crescimento de seu negócio. 

E a ferramenta Stayapp pode te ajudar nesta etapa criando estratégias para sempre trazer satisfação para seu consumidor e garantir que ele volte. 

O StayApp, por exemplo, permite que seu estabelecimento lance um programa de fidelidade inteligente e automatizado, que elimina a necessidade do cartão fidelidade de papel e começa a capturar os clientes apenas com seu número de telefone. 

Alavancar vendas vai ser uma consequência natural para a sua empresa se tiver todas essas estratégias em ação, ainda mais com as dicas que foram mostradas aqui para realizar cada uma delas.


Curtiu o post? Então compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *