8 Dicas para vender mais: simplificando o marketing para o varejo

Marketing para o varejo

Você sabe o que é marketing de varejo? E a diferença entre o marketing para o varejo e o marketing tradicional? Hoje o nosso artigo vai simplificar questões como essa e te dar algumas dicas para vender mais.

O marketing de varejo nada mais é que as atividades que um varejista realiza para promover e vender os produtos da sua loja. Mas qual é a diferença disso para o marketing tradicional? Bom, a diferença está nos componentes varejistas, tais como a venda de produtos em pequenas quantidades para o consumidor final a partir de um espaço físico: a loja.

O marketing de varejo inclui estratégias eficazes de merchandising, compras e comportamento do consumidor, branding e publicidade. Esse tipo de marketing é muito importante para lojistas pequenos que tem como concorrentes grandes cadeias de lojas.

No marketing de varejo o produto é o centro de tudo e influência de várias maneiras. Deve ser levado em conta desde a exposição do produto na loja, a quantidade, o benefício do produto, qualidade, design, etc.

Essa modalidade de marketing pode ocorrer em diversos locais, isso inclui o interior da loja, presença online, pontos de venda e “não-loja” (quando a venda ocorre em outro local fora da loja, como por exemplo na casa do proprietário). Quando ele ocorre dentro da loja você deverá se preocupar com a disposição dos produtos na vitrine, na experiência do cliente em todo o processo de vendas, no pós-venda, etc.

O preço é outro aspecto de extrema importância em qualquer estratégia de marketing, é o preço que ajuda a definir os métodos de marketing que serão empregados, assim como o público-alvo, local de armazenamento e formato de varejo que será utilizado para vende-lo.

O preço pode ser utilizado no varejo como arma de atração. Um exemplo disso são os “produtos âncora” que tem o preço abaixo de mercado para atrair os consumidores. Essa estratégia é muito utilizada por supermercados, eles anunciam um preço muito baixo de um produto e mantem os outros no preço normal, assim quando você vai comprar o produto de promoção, acaba levando os outros também.

Veja algumas dicas para turbinar o marketing de varejo da sua loja e vender muito mais.

1 – Uma boa razão para o cliente frequentar a loja

As pessoas precisam de uma boa razão para frequentar a sua loja, para isso realize eventos exclusivos, tenha itens limitados e apenas disponíveis na loja, promova sorteios online para utilizar os cupons na loja. Enfim, utilize estratégias para as pessoas irem até a loja.

2 – Como você vende é o mais importante

Atualmente o mercado possui uma infinidade de produtos, então a pessoa não precisa do seu produto, ela pode encontrar do mesmo em qualquer lugar. É por esse motivo que o foco tem que ser em “como você vende o seu produto” e não no produto.

Tente diferenciar a experiência do seu cliente na sua loja e tenha certeza que essa experiência será marcante. O mercado de experiências tem mais potencial que o mercado de produtos, pense nisso!

Pense em como você poderá oferecer ao seu cliente uma experiência realmente diferenciada da concorrência.

3 – Nunca pare de pesquisar

Faça pesquisas constantes da sua concorrência, dos clientes deles, dos seus clientes, pesquise os hábitos dos clientes que você tem e dos que você quer alcançar. Pesquise seus empregados, as técnicas de vendas e atendimentos que eles usam ou que poderiam usar para melhorar as vendas.

E principalmente fique sempre atento as mudanças do mercado. Nunca pare de pesquisar.

4 – Motive seus clientes para a tomada de decisões

Estimule o sentimento de urgência em seus clientes, eles precisam sentir que tem tempo e estoque limitados, assim eles são motivados a agir. Datas comemorativas são momentos únicos para seduzi-los com itens exclusivos e limitados, aproveite todas as oportunidades.

5 – Invista em entretenimento dentro da sua loja

Realize eventos na sua loja. Um evento constrói tráfego e enche sua loja com os clientes e atrai potenciais clientes que não só irão participar, mas comprar algo enquanto estão lá.

6 – Aproveite o tamanho da sua loja a seu favor

Aproveite que você é uma loja pequena para garantir a seus clientes trocas, devoluções, garantia e atendimento rápido e eficiente. Você também pode ter itens limitados e únicos, com valor agregado mais alto do que os produtos vendidos em larga escala e produzidos industrialmente.

7 – Mundo online e offline devem estar conectados

Unir o mundo online com o mundo offline é essencial na atualidade. A maioria dos compradores usam ferramentas digitais antes da compra, dessa forma otimize e relacione o universo online com o offline fornecendo informações ricas ao seu cliente online para que ele realize ações offline.

8 – Sua vitrine deve contar uma história visual

Uma vitrine bem organizada incentiva as vendas através da curiosidade do cliente. Um número alto de pessoas que para para visualizar a sua vitrine entra na loja. E muitas pessoas que entram na loja por causa da vitrine faz uma compra. Conhecer o seu cliente irá lhe ajudar muito na hora de montar uma vitrine de loja. Saber a faixa etária do seu público alvo, o nível de educação, poder de compra, bem como o estilo de vida dele.

 

Com essas dicas ficou fácil aumentar as vendas do seu varejo não é mesmo?

 

Veja também:

Como criar programa de fidelidade: do zero ao cliente fiel tudo o que você precisa saber

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *