Como Fazer um Catálogo Digital em 9 Passos Práticos

Delivery Empreendedorismo Loja de Roupas Marketing Tecnologia
Curtiu o post? Então compartilhe!

Quando o cliente vai até o seu estabelecimento, certamente o primeiro passo é conferir o seu catálogo. Independente se ele já conhece os seus produtos, ou não, ele vai conferir todas as possibilidades que sua loja pode oferecer. 

Quando ele faz o pedido de casa, direto do smartphone, esse catálogo torna-se ainda mais importante. Pois o cliente não estará em contato direto com você.

Consequentemente, o seu catálogo digital precisa ser perfeito, ou seja, conter todas as informações possíveis sobre os seus produtos. Além disso, ele precisa ser esteticamente atraente, sendo que cada imagem dos produtos deixe o seu cliente com desejo. 

Pensando nisso, a StayApp criou essa lista para te ajudar a montar o catálogo digital perfeito, que não deixe nenhum cliente colocando defeito. 

Guia em 9 passos para criar um catálogo digital

Antes de começarmos a lista, literalmente, precisamos te lembrar uma coisa: atualmente o Brasil passa por uma pandemia avassaladora, que impede que as pessoas façam aglomeração. Ou seja, a forma delas continuarem consumindo no seu estabelecimento é através do delivery. 

Ou seja, a medida que for explorando o nosso passo a passo, tenha em mente que isso não é um luxo, ou simplesmente um gasto desnecessário para a sua empresa. É essencial ter um catálogo digital impecável, principalmente quando esse é o seu único modo efetivo de venda. Agora, vamos lá!

1 – App de delivery digital

Primeiramente, o mais importante é contar com uma plataforma que permita montar o seu catálogo para os clientes de forma gratuita. 

Com os dados da empresa em mãos, basta clicar AQUI, e depois é só seguir o passo para montar um catálogo perfeito. 

2 – Reúna todo o seu conteúdo

O primeiro passo, é reunir todos os produtos que você oferece para aderir no seu catálogo. Ou seja, aqui estará todos os produtos que você irá apresentar no seu catálogo digital. 

Após reuni-los, você irá precisar de:

  • Imagens dos produtos;
  • Lista dos produtos;
  • Funcionalidade dos produtos.

Certamente, para criar o seu catálogo digital, irá precisar de um pouco mais do que isso. Apesar disso, esses são os passos básicos. 

3 – Boas imagens dos produtos

Existe a possibilidade de você mesmo querer tirar as fotos do produto para incluir no seu catálogo digital. Apesar disso, se você não é um fotógrafo profissional, saiba que o ideal é contratar um profissional para isso. 

As imagens são um dos aspectos mais importantes do seu catálogo, já que são o que seus clientes verão primeiro. Uma imagem atraente incentivará os clientes a lerem a descrição e, consequentemente, comprarem.

Em resumo, é indispensável que você tenha boas fotos no seu catálogo, pois são elas que irão atrair os seus clientes. 

4 – Características dos produtos

Antes de criar as descrições dos seus produtos no seu catálogo digital, você precisa conhecer os seus produtos profundamente. 

Apesar da imagem ser o primeiro contato do seu cliente com o produto, é na descrição que ele conhecerá o produto de verdade. 

Ou seja, conte para o seu cliente exatamente o que ele está prestes a comprar. Não exagere na descrição, pois de informação suficiente para ajudá-lo a tomar a decisão. 

Você pode atribuir números de itens e preços, incluindo o preço original e o preço com desconto. 

Além disso, você pode mandá-los para seu site se eles quiserem mais informações sobre o produto.

5 – Descrição dos produtos

Sobretudo, sua descrição precisa ser sucinta. Pense em mantê-la de 50 a 150 palavras. 

É importante que você Inclua destaques de cada produto, mas também destaque pequenos benefícios em cada funcionalidade.

Ajude os clientes a escolherem o item certo quando você estiver escrevendo sobre os produtos, descrevendo o que eles precisam saber, desde o preço até o peso ou dimensões.

Por fim, se você estiver com dificuldade de escrever, não pense duas vezes antes de contratar um profissional para te ajudar a escrever.

6 – Design da loja

Além das imagens bem escolhidas, o seu catálogo também deve ter um design agradável. 

Aposte na simplicidade para dar destaque às ofertas. Evite diversos elementos nas páginas que não sejam essenciais, evitando poluição visual.

Além disso, os espaços em branco são importantes. Eles funcionam como área de respiro e enaltecem os seus produtos.

Talvez você deva olhar outros catálogos das principais lojas do segmento para se inspirar. 

7 – Divulgação do seu catálogo digital de produtos

Após seguir essas dicas, o seu catálogo online está pronto. Qual o próximo passo? Fazer o divulgação do mesmo!

Use suas redes sociais para divulgar o seu catálogo digital. Do Facebook ao Instagram, espalhe entre os seus clientes que eles podem escolher o produto desejado através do seu novo catálogo digital. 

8 – Pedidos pelo WhatsApp

Apesar do catálogo digital, o seu cliente pode optar por fazer o pedido diretamente com você. 

Ou seja, ele vai até o seu catálogo, vê tudo o que você pode oferecer, escolhe o que deseja e, por fim, vai até o WhatsApp e faz o pedido. 

Quando ele finaliza a compra com você, ele não vai se preocupar com as taxas, com as burocracias e, muito menos, terá dificuldade.

9 – Pós vendas, fidelização e faturamento

Para finalizar, não se esqueça de fidelizar o seu cliente. Agora que você tem o número dele, pergunte se deseja participar do seu programa de fidelidade e ganhar diversos benefícios nas compras.

Além disso, agora você terá diversos meios de fazer o pós-venda da sua empresa. Seja por contato, promoções exclusivas, programa de pontos personalizados e segmentação de clientes inteligente.

Por fim, também existe a possibilidade de fazer SMS marketing com seus contatos. Podendo realizar disparos para toda a sua base de cliente e acompanhar os gastos e lucros de toda a sua campanha, aumentando o faturamento.

6 dicas para vender mais no seu catálogo digital

O primeiro passo foi dado: você montou o seu cardápio digital. Apesar disso, é possível ir além. Sempre existem estratégias que podem aumentar as suas vendas, e tornar tudo que é bom, ainda melhor. 

Estruturar e tornar real o seu cardápio digital para delivery torna possível que seu cliente compre sem sair de casa. Com algumas dicas extras, a experiência dele e seu faturamento irão melhorar. 

Pensando nisso, a StayApp reuniu seis dicas de ouro para que você consiga vender ainda mais no seu cardápio digital para delivery. 

1 – Grupos

Você já sabe que as descrições dos seus produtos, no catálogo digital, são um dos pontos mais importantes. Mas eles não podem ficar soltos, sem nenhum tipo de padrão ou lógica pré-estabelecida. 

Por isso, é necessário pensar com bastante cuidado na disposição dos pratos e bebidas que serão comercializados. Na maioria das vezes, a ordem tradicional é seguir a ordem de consumo dos alimentos, assim:

  • Aperitivos;
  • Entradas e saladas;
  • Pratos principais;
  • Sobremesa e café.

Além disso, normalmente as bebidas recebem a sua própria sessão. Dentro dessa sessão a parte, todas elas serão divididas por tipo alcoólicas, sem álcool e milk-shakes.

Apesar disso, alguns restaurantes possuem vinho, ou seja, uma carta de vinho. Se esse for o caso, o catálogo digital precisa ter uma área reservada só para isso. 

Por fim, não se esqueça que essas dicas seguem um design completamente tradicional. Isso quer dizer que não é proibido inovar, na verdade, isso é até bom. Porém, se assegure que a inovação seja boa suficiente, por que se não for, o ideal é ficar no tradicional. 

2 – Ticket Médio

Você sabe o que é um ticket médio? Basicamente, é um indicador de desempenho, sendo mensurado  o valor médio consumido por cada cliente em seu restaurante.

Com esse indicador, é possível entender o comportamento do cliente em relação ao restaurante. Além disso, ele também pode ser relacionado a satisfação com a empresa.

Em resumo, ele é de extrema importância para você ter o controle dos clientes. Além disso, você precisa saber que mensurar esse indicador, pode aumentar o lucro.

3 – QR Code

Primeiramente, o QR Code é uma tecnologia que foi incorporada aos meios de pagamento, dessa forma, agilizando a forma que pagamos. Ou seja, é uma nova possibilidade que nasce da tecnologia. 

Acima de tudo, é segura e vai fazer com que em segundos, sem fazer uso de cartão de crédito ou de dinheiro físico, você possa pagar pelas suas compras.

Consequentemente, é essencial que o seu sistema de delivery ofereça o pagamento pelo QR Code, pois essa tecnologia já alcançou milhares de pessoas. 

Além disso, também é interessante que o seu cliente acesse o seu cardápio pela tecnologia.

4 – Bom atendimento

Todos sabemos que, mesmo com todo o catálogo digital funcionando perfeitamente, existe algo que só você e seus funcionários podem fazer pelo seu cliente: um bom atendimento. 

‍ Sobretudo, fique disponível para prestar um ótimo atendimento para os seus clientes e não se esqueça de ajudá-los com todas as suas dúvidas. O objetivo é focar na experiência do seu consumidor. Se for realmente especial, ele irá querer comprar novamente com você e aumentará o seu faturamento. 

Para que isso seja possível, não se esqueça de registrar o seu número de WhatsApp na ativação do seu catálogo. Dessa maneira, as pessoas poderão chegar até você sem nenhuma dificuldade. 

Na tela inicial do seu catálogo, o cliente encontrará um ícone para poder te chamar diretamente por essa rede social. 

5 – Verifique os preços dos produtos

Mesmo com tudo pronto, é preciso rever todos os preços colocados em seu catálogo digital. O objetivo é conferir se eles estão realmente corretos, sem nenhum tipo de erro. 

Mesmo sendo muito fácil trocar esse tipo de informação futuramente, se realmente houver um erro essa verificação pode evitar qualquer tipo de problema com o seu cliente por falta de atenção.

Todo empreendedor varejista já sabe que segundo o Código de Defesa do Consumidor, o vendedor é sempre obrigado a cumprir com todas as informações contidas em qualquer meio de publicidade do seu negócio.

6 – Não se esqueça do e-mail

O catálogo digital é uma ferramenta moderna, condizente com a atualidade. Além disso, aliada às redes sociais e ao WhatsApp, eles formam quase uma trindade santa para o seu negócio. 

Apesar disso, você não pode se esquecer de um antigo companheiro de batalha: o e-mail. 

Sobretudo, o e-mail ainda é um dos canais de comunicação mais usados para fechar negócios. Por isso, também é importante usar o e-mail da sua empresa (que certamente precisa ter um) para informar os seus clientes sobre o seu catálogo digital. Lá, deve-se explicar como todos os clientes podem acessá-lo.

Além disso, também é uma boa ideia enviar newsletters periódicas, mostrando lançamento de produtos e novidades do setor de atuação desses clientes. 

Por fim, nunca se esqueça de colocar o endereço do seu catálogo digital na assinatura do e-mail.


Curtiu o post? Então compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *