dar desculpas

5 Coisas que Você Deve Fazer ao Invés de Arrumar Desculpas!

Crescimento Pessoal
Curtiu o post? Então compartilhe!

O empreendedorismo nunca foi um campo para pessoas com pouca disposição. Ser o dono do próprio negócio exige muito trabalho duro, esforço diário, abdicação, além de uma boa dose de coragem. Sem nenhuma dessas coisas, um negócio não vai para frente. 

Começar uma empresa exige muito mais do que o investimento inicial. Além do planejamento estrutural, da organização, da escolha do nome, design, marca e afins, é preciso força de vontade. O desejo precisa ser forte o suficiente para virar ação. 

Em resumo, para ser empreendedor e entrar no mundo dos negócios de uma vez por todas, é preciso parar de procrastinar. Esse é aquele momento em que deve se parar de dar desculpas, assumir a responsabilidade, e botar a mão na massa de uma vez por todas. 

As desculpas escolhidas para que uma pessoa não se levante do sofá e comece a empreender são variadas. Elas podem dizer que não é o momento certo para tentar arriscar e perder dinheiro, ou mesmo que está morrendo de medo de falhar.

Ao ler este artigo você irá encontrar:

5 Desculpas mais famosas

Antes de falarmos o que você precisa fazer, vamos listar aqui as desculpas mais famosas para mostrarmos que não estamos brincando. Além disso, você pode tentar identificar se não está dando uma dessas desculpas para você mesmo!

1 – “Não é o momento de empreender”

Certamente essa é uma das desculpas mais famosas  entre os preguiçosos, que estão com medo de abrir o seu próprio negócio. A verdade é que todo mundo sabe que esse papo de “hora certa” não existe. Nunca haverá o momento e as condições ideias para empreender. 

Em uma busca rápida pela internet, você irá perceber que existem empreendedores bem novinhos, ainda adolescentes, como também aqueles empreendedores que já passaram dos 60 anos de idade. O momento de empreender é agora!

2 – “E se der tudo errado?”

De fato, 80% dos negócios irão falir dentro dos primeiros 18 meses de existência. Consequentemente, podemos dizer que sim, tudo pode dar errado. E daí? Se você não tentar, não vai saber se daria certo ou errado. Além disso, essa é uma chance de aprender, e isso nunca é demais. 

3 – “Não juntei o dinheiro suficiente”

Juntar o dinheiro para sobreviver enquanto está tentando empreender é o começo do processo, e se você ainda não fez isso, é porque está procrastinando muito mais do que deveria. O ideal é juntar dinheiro suficiente para 18 meses, que é o tempo inicial do seu negócio e que permitirá que você não trabalhe para os outros durante esse tempo. 

Apesar disso, pessoas que precisam sustentar toda uma família, realmente precisam analisar se existe a possibilidade de ficar no mínimo 18 meses sem trabalhar e sem garantia de retorno imediato do novo empreendimento. 

4 – “As pessoas não me veem como um empreendedor”

O que importa se as pessoas ao seu redor não te enxergam como um empreendedor? Isso irá mudar sua vida ou te afetar de alguma maneira? Não se importe com o que as pessoas pensam de você, aliás, isso não faz a menor diferença. 

O que importa é você dar o passo rumo ao seu negócio. Além disso, você ira se surpreender por quanto as pessoas podem mudar de opinião rapidamente. 

5 – “Isso parece muito difícil”

De todas as desculpas, essa é uma das que mais se aproxima da realidade. Sim, empreender não é fácil. Você dormirá menos, terá menos tempo para a sua família e amigos, terá mais preocupações e afins. Por isso, pense bem se está disposto a enfrentar tudo isso, mas não torne isso uma desculpa. 

5 Coisas que você deveria fazer ao invés de dar desculpas

Agora que já expomos algumas desculpas esfarrapadas, reunimos cinco coisas que você, como empreendedor, deve fazer no lugar. 

1 – Lide com críticas 

Lide bem com as críticas e com os elogios. Quando você ouvir algo de alguém, tente absorver e aprender. Também é importante ignorar as palavras negativas, não fechando os ouvidos para elas, mas simplesmente deixando de se importar. 

2 – Intuição

Olhar bons exemplos ao redor é interessante para um empreendedor. Porém, mais do que isso, é importante seguir a própria intuição. Todo mundo tem aquela voz lá no fundo, que diz aquilo que deve ser feito.  

3 – Não exagere no sonho 

Sonhar é importante, mas vai devagar. Lembre-se que mais importante do que sonhar muito alto, é trabalhar duro para isso. Em resumo, estabeleça suas metas, arregaça as mangas e vai atrás de fazer do seu negócio um sucesso. 

4 – Vá devagar 

Prudência nunca é demais. Por isso, diga não quando for necessário. Acima de tudo, nunca dê passos maiores do que suas pernas. 

5 – Não será fácil

Finalmente sempre duvide quando as coisas parecerem fáceis demais. Ninguém conquista nada com facilidade. A luta é constante e é dura mesmo. Então vista-se de toda força que puder e lute por seus objetivos.


Curtiu o post? Então compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *