Cardápio para bar e restaurante: Como ele pode te ajudar a aumentar suas vendas

Curtiu o post? Então compartilhe!

Classifique este post
[Total: 1 Média: 5]

Pode não parecer, mas o cardápio, seja ele para um bar ou restaurante, é uma parte importante e essencial.

E se você não pensou no seu cardápio, nem pensou nos benefícios que ele pode te trazer, já te digo: comece agora.

Analisar dados e tomar ações sobre os produtos do seu bar ou restaurante são essenciais para melhorar o seu cardápio

É pensando nisso que resolvemos te mostrar como um bom cardápio pode te ajudar a aumentar suas vendas.

Planejamento de cardápio em 5 passos

Antes de mais nada, entenda que o seu cardápio é o cartão de visita do seu estabelecimento.

Dito isso, ele pode facilmente aumentar suas vendas e, consequentemente, seu lucro.

Nele que são apresentados todos os seus produtos, por isso, é fundamental que você tenha um em seu bar ou restaurante.

Pequenos empreendedores não sabem o quão importante é um cardápio bem montado, já os mais experientes entendem sua importância e investem pesado.

Ao planejar um cardápio, você deve levar em conta os seguintes fatores:

1- Perfil do público alvo

É importante que, na hora de planejar o seu cardápio, você tenha um público-alvo definido e entenda seu hábito de consumo. 

Isso irá te ajudar a montar seu menu, bem como acompanhamentos que seu público deve gostar. 

Possibilitando uma venda casa, aumentando assim o seu lucro.

2- Análise da concorrência

Você deve sempre estar atento no que o seu concorrente está fazendo. 

Além do mais, se for sua primeira vez montando um cardápio, seu concorrente servirá de inspiração para você dar os primeiros passos. 

No entanto, ao longo do tempo, implemente coisas novas, que diferencie o seu negócio entre os demais.

3- Layout

A imagem é a primeira coisa que chama a atenção. Por isso, é importante ter um layout bem definido para o seu cardápio. 

Claro, tudo deve ser criado pensando no público que irá lê-lo.

4- Físico ou digital 

Muitos preferem papel, outros já vão para o digital. Mesmo que seja questão de gosto e estilo de negócio. 

Dito isso, é importante ressaltar que os cardápios digitais, muitas vezes, já são ligados ao sistema de caixa em uma plataforma de automação

Isso não só facilita o trabalho e poupar tempo dos funcionários, como também evita erros na  hora do pedido. Portanto, tenha isso em mente.

5- Equipe

Mesmo que o cardápio seja uma peça fundamental no faturamento do seu restaurante, aumento no lucro não vem só com o cliente. 

É importante que o garçom, que está próximo com o consumidor, direcione os clientes a consumirem produtos que possuem mais prioridade.

São prioridades:

  • Produtos carro-chefe
  • Pratos especiais
  • Itens com promoções especiais

Entenda também que seu cardápio deve ser mudado de tempos em tempos.

Como você viu em outros artigos do blog, é importante que você tenha um bom controle de estoque e caixa para saber quais itens estão sendo mais vendidos e quais estão vencendo.

Com essas informações, você saberá quais itens do seu cardápio são importantes e quais devem ser retirados.

Espero fortemente que este artigo consiga te guiar durante o processo de criação de um cardápio.Até a próxima.


Curtiu o post? Então compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *