Cardápio para Bar e Restaurante: Como Fazer e Dicas Para Aumentar as vendas!

Curtiu o post? Então compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Pode não parecer, mas o cardápio, seja ele para um bar ou restaurante, é uma parte importante e essencial.

E se você não pensou no seu cardápio, nem pensou nos benefícios que ele pode te trazer, já te digo: comece agora.

Analisar dados e tomar ações sobre os produtos do seu bar ou restaurante são essenciais para melhorar o seu cardápio

É pensando nisso que resolvemos te mostrar como um bom cardápio pode te ajudar a aumentar suas vendas.

Planejamento de cardápio em 5 passos

Antes de mais nada, entenda que o seu cardápio é o cartão de visita do seu estabelecimento.

Dito isso, ele pode facilmente aumentar suas vendas e, consequentemente, seu lucro.

Nele que são apresentados todos os seus produtos, por isso, é fundamental que você tenha um em seu bar ou restaurante.

Pequenos empreendedores não sabem o quão importante é um cardápio bem montado, já os mais experientes entendem sua importância e investem pesado.

Ao planejar um cardápio, você deve levar em conta os seguintes fatores:

1- Perfil do público alvo

É importante que, na hora de planejar o seu cardápio, você tenha um público-alvo definido e entenda seu hábito de consumo. 

Isso irá te ajudar a montar seu menu, bem como acompanhamentos que seu público deve gostar. 

Possibilitando uma venda casa, aumentando assim o seu lucro.

2- Análise da concorrência

Você deve sempre estar atento no que o seu concorrente está fazendo. 

Além do mais, se for sua primeira vez montando um cardápio, seu concorrente servirá de inspiração para você dar os primeiros passos. 

No entanto, ao longo do tempo, implemente coisas novas, que diferencie o seu negócio entre os demais.

3- Layout

A imagem é a primeira coisa que chama a atenção. Por isso, é importante ter um layout bem definido para o seu cardápio. 

Claro, tudo deve ser criado pensando no público que irá lê-lo.

4- Físico ou digital 

Muitos preferem papel, outros já vão para o digital. Mesmo que seja questão de gosto e estilo de negócio. 

Dito isso, é importante ressaltar que os cardápios digitais, muitas vezes, já são ligados ao sistema de caixa em uma plataforma de automação

Isso não só facilita o trabalho e poupar tempo dos funcionários, como também evita erros na  hora do pedido. Portanto, tenha isso em mente.

5- Equipe

Mesmo que o cardápio seja uma peça fundamental no faturamento do seu restaurante, aumento no lucro não vem só com o cliente. 

É importante que o garçom, que está próximo com o consumidor, direcione os clientes a consumirem produtos que possuem mais prioridade.

São prioridades:

  • Produtos carro-chefe
  • Pratos especiais
  • Itens com promoções especiais

Entenda também que seu cardápio deve ser mudado de tempos em tempos.

Como você viu em outros artigos do blog, é importante que você tenha um bom controle de estoque e caixa para saber quais itens estão sendo mais vendidos e quais estão vencendo.

Com essas informações, você saberá quais itens do seu cardápio são importantes e quais devem ser retirados.

Cardápio digital – O que é e como funciona

Quando pensamos em bares e restaurantes na modernidade, também pensamos em delivery. Principalmente devido a pandemia de coronavírus que assola o Brasil e o mundo, muitas pessoas optam em comprar de casa, do que ir ao estabelecimento. 

Pensando nisso, elas também precisam ter acesso à todos os produtos vendidos, tanto quanto aqueles que estão no estabelecimento físico. Por isso, na hora de pensar no cardápio, também é importante pensar no tão requisitado cardápio digital. 

Muitas pessoas já são clientes fiéis e antigos do seu negócio, e existe uma grande chance delas já saberem o que querem pedir e até mesmo valor. Apesar disso, essa regra não vale para todos os clientes. Você pode perder um cliente novo pelo simples fato de não ter um cardápio digital. 

Você ainda não acredita que um cardápio digital possa realmente ser bom para o seu negócio? Veja esse benefícios que ele traz:

  • Mais rapidez nos pedidos feitos pelos clientes;
  • Menos chances de erro;
  • Renovar o cardápio com mais flexibilidade;
  • Aumenta as chances do cliente comprar mais vezes;
  • Fidelização do cliente;
  • Avaliação em tempo real com pesquisa de satisfação após o pedido;
  • Pode adicionar diversos idiomas no cardápio digital.

Passo a passo para montar o seu cardápio digital em 7 passos

Agora que você ciente da importância e dos benefícios do cardápio digital, nós criamos um passo a passo para que você possa montar o seu da melhor forma possível. 

1 – App de cardápio digital grátis 

criar um cardápio digital

O primeiro passo para montar o seu cardápio digital, é usar um aplicativo para isso. Hoje existe uma oferta imensa de ferramentas que cumpram essa função, porém, a maioria deles custa bastante dinheiro e ainda por cima cobra uma taxa em cada compra recebida pela empresa. 

Para fugir dessas opções caras, a StayApp criou uma solução para você: o cardápio digital da StayApp

Para fazer o seu cadastro na ferramenta, você não precisa pagar nada. Basta ter todos os dados básicos da empresa em mãos e começar a fazer o cadastro sem pagar nada. 

Ficou interessado? Basta clicar nesse link e começar a fazer o seu cadastro agora mesmo. 

2 – Produtos e descrição

 

Agora que o primeiro passo foi dado e cadastro já foi feito, você já pode montar o seu cardápio digital no aplicativo. Lembrando que apesar da matéria focar em restaurantes e bares, esse cardápio digital pode funcionar para qualquer tipo de loja do varejo.

Para montar o catálogo, tenha em mente que você precisa saber todos os produtos que o seu estabelecimento oferece. Não se esqueça: não pode faltar nada. De preferência, vá até a cozinha, pegue um cardápio, e faça uma lista com tudo aquilo que você comercializa. 

Agora que você listou e colocou todos os seus produtos dentro do seu catálogo digital, você precisa colocar a descrição em cada um deles. A sua descrição precisa ser sucinta, de preferência tendo de 120 até 150 caracteres no máximo. 

Mas ser curta, não quer dizer que não precisa ser eficiente. A descrição deve conter exatamente aquilo que o produto é. Coloque todos os detalhes possíveis sobre ele, da forma mais rápida e direta possível. 

Por fim, não se esqueça de colocar foto em cada um dos seus produtos oferecidos. É importante que os clientes possam ver os produtos antes de escolher comprar. 

Se você não for muito bom em tirar fotos, não exite em contratar um profissional que possa fazer as fotos mais perfeitas possíveis. Isso é de extrema importância, e pode ser a diferença que falta entre o cliente decidir comprar o produto ou não. 

3 – Redes sociais

Pronto, o seu cardápio digital está pronto! Agora é a hora de pegar o seu link e compartilhar por meio de SMS, WhatsApp e nas redes sociais. Lembre-se que a divulgação é importante para que os seus clientes saibam que agora existe um cardápio digital. 

Por fim, não se esqueça de informar a novidade e fazer as promoções. 

4 – WhatsApp

Agora que todo mundo sabe que o seu cardápio digital existe, é simples e fácil realizar o pedido. Após a escolha dos produtos ele será redirecionado diretamente para o contato de WhatsApp da sua empresa e conseguirá finalizar a compra. 

Mas não se esqueça, que isso não terá nenhuma cobrança ou taxa. O cliente fará o pedido diretamente com você através do WhatsApp. 

5 – Fidelização de cliente por telefone

Quando o cliente fizer uma compra através do cardápio digital, você terá acesso ao número de telefone do seu cliente na sua base. Pergunte-o se deseja participar do seu programa de fidelidade e ganhar diversos benefícios nas compras futuras. 

Lembre-se que um programa de fidelidade é essencial para o faturamento da sua empresa. Clique aqui e entenda o programa de fidelidade. 

6 – Pós-venda

Com uma base de cliente formada, agora você terá diversos meios de fazer o pós-venda da sua empresa. O que importa, é você não deixar de fazer um pós-venda bem feito. 

7 – Aumento das vendas

Enfim, existe a possibilidade de fazer SMS marketing com seus contatos. Em resumo, dá para realizar disparos para toda a sua base de cliente e acompanhar os gastos e lucros de toda a sua campanha! Para saber mais sobre essa estratégia, clique aqui. 



Curtiu o post? Então compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe um comentário