5 Formas do Varejista Aumentar as Vendas nos Canais de Distribuição!

Curtiu o post? Então compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Conforme você expande seu negócio de varejo, adicionar vários canais de vendas para aumentar o conhecimento da marca é um passo muito lógico e estratégico. Hoje, os compradores são movidos pela conveniência e quanto mais você estiver representado nos canais em que eles compram, melhor. No entanto, ao adicionar vários canais de vendas, você também adiciona mais para você e sua equipe gerenciarem.

Para manter sua equipe sã e aumentar as vendas em todos os seus vários canais, aqui estão algumas dicas para você começar:

1- Tenha uma boa organização

Aumentar as vendas em dois, três ou até dez canais diferentes parece ótimo em teoria. No entanto, antes de fazer isso, você deve implementar sistemas que permitem rastrear estoque, pedidos, clientes e informações de fornecedores com precisão e em tempo real. Essas informações devem ser incrivelmente simples de acessar.

Quanto mais tempo você investe para organizar essas coisas agora, menos frustração sentirá no futuro. Você deseja um sistema confiável rodando nos bastidores, enquanto você se concentra em aumentar suas vendas, design de produto, esforços de marketing e qualquer outra coisa além de contar (e potencialmente recontar) estoque e dados.

2- Analise seus dados corretamente

Conforme você cresce, os dados quantificáveis ​​que suportam as decisões que você toma como proprietário de uma empresa continuarão a crescer em importância. No entanto, relatórios de vendas e análises de pedidos podem ser uma chatice quando você vai a vários pontos de venda diferentes para recuperar as informações que deseja.

Encontre as melhores ferramentas de relatório que integram os dados do seu canal de vendas em um local para que você e sua equipe tenham as mesmas informações. O acesso a este tipo de dados permitirá que você tome decisões de compra mais inteligentes e evite interrupções na comunicação entre sua equipe e seus fornecedores.

Se você adicionar essas ferramentas ao Google Analytics (gratuito), poderá comparar as visualizações do seu produto com as vendas reais. Se você notar uma grande discrepância entre o número de visitas à página do produto e o número de vezes que o produto é comprado, poderá resolver esses problemas mais rapidamente com o suporte de dados e relatórios adequados.

3- Não tenha medo de fazer vários testes

Depois de ter os sistemas mais inteligentes implantados, rastreando o desempenho do produto, o comportamento do cliente e o histórico de pedidos, você poderá testar para otimizar a presença online da sua loja e as listas de produtos. Tudo, desde fotografia até descrições de produtos, pode ser alterado para aumentar as taxas de conversão. É importante que você se concentre em testar alguns elementos-chave primeiro e evite testar vários itens ao mesmo tempo.

4- Peça feedback do cliente

Relatórios e testes internos certamente irão ajudá-lo a aumentar as vendas e permitir que você gerencie melhor seus negócios, porém os dados quantitativos vão apenas até certo ponto. Para ter uma perspectiva abrangente do seu negócio e das áreas de oportunidade, entre em contato com seus clientes. Envie uma pesquisa de cliente ou acompanhe cada transação concluída com um e-mail solicitando seu índice de satisfação. Compartilhe esses dados qualitativos com sua equipe e discuta áreas de oportunidade.

Se ainda não o fez, inscreva-se em uma conta com uma plataforma de email marketing, como RD Station ou MailChimp. Com essas ferramentas, você poderá segmentar seus clientes por canais que compram (Lojas Americanas online vs. na loja), produtos que compram ou a frequência com que compram de você.

Todas essas são características principais que você pode rastrear e personalizar o conteúdo para melhorar seu relacionamento com os clientes em todos os seus canais de vendas. Quanto mais você sabe sobre o comportamento e as preferências de um comprador, melhor pode personalizar sua experiência para aumentar a lealdade e o compartilhamento social de seus produtos.

5- Pós-vendas

Ao contrário dos que muitos pensam, a venda não acaba quando o cliente sai da loja, mas continua após ela. Todo esforço depois da compra pode ser chamado de pós-vendas. É lá que realmente ocorre a fidelização.

Não se engane, bom atendimento e qualidade no produto são essenciais para a fidelização do cliente, no entanto, o esforço maior ocorre no pós-vendas da tua empresa.

Agora eu te pergunto: quando um cliente faz uma compra na tua loja, você mantém contato com ele após ela?

A maioria das resposta é NÃO.

Dito isso, busque maneiras de se manter comunicando com ele. Seja por SMS Marketing ou até mesmo E-mail e WhatsApp.


Curtiu o post? Então compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe um comentário